sábado, outubro 31, 2009

Comparações ...

"A SAD do F.C. Porto apresentou resultados positivos de 5,1 milhões de euros em 2008/09. Nos resultados apresentados esta terça-feira à CMVM, os «dragões» destacam que têm lucro pelo terceiro ano consecutivo."

E do outro lado ...

"A Benfica SAD apresentou um prejuízo de 34,8 milhões de euros, respeitantes à temporada 2008/09, conforme indica o relatório e contas enviado esta sexta-feira à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). Depois de dois anos positivos para as contas da SAD, este resultado agrava o passivo em 50 milhões de euros (é agora de 178 636 208 euros)."

A primeira comparação é de que o FC Porto apresentou lucros nos últimos três anos, sendo campeão em todos esses anos, enquanto que o Benfica apresentou lucros nos anos em que não foi campeão.

"O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, admitiu esta sexta-feira vender um jogador «depois de Dezembro», embora se isso suceder, o futebolista «permanecerá no plantel até final da época». O nome de Di María surgiu com a revelação de que, apesar de existir a cláusula de 40 milhões de euros, o Benfica pode ser obrigado a vender o argentino por 35."

A outra comparação é que o FC Porto nunca foi obrigado a vender ninguém, veja-se o caso do Cissokho, que após um negócio que não feu certo, nunca baixou o preço, tendo acabado por depois vender o referido jogador pelo preço estipulado. Também se pode falar no Bruno Alves que nunca esteve em saldo.
Pelo outro lado o Benfica já pondera vender em saldo os seus jogadores.

O segredo não é apenas fazer uma equipa para ganhar um ano e depois ficar mais uns quantos a "pão e água", o segredo do negócio é andar sempre na "mó de cima", é andar sempre junto dos melhores da europa e fazer boa figura.
E quanto a isso não é preciso dizer quem dá "goleada" em quem.

(excertos tirados de noticias in MaisFutebol)

O que os homens fazem pelas mulheres

sexta-feira, outubro 30, 2009

FC Porto - Belenenses, 1-1

Mais uma entrada a passear, o sofrer golo primeiro, de novo, um correr atrás do prejuizo, mais com o coração do que com a cabeça. Tem sido assim os últimos jogos do FC Porto e alguma vez iria ser a vez de se perder pontos.

A justificação de que a equipa está a crescer não explica tudo. A justificação de que se perderam jogadores chave também não.

Não se pode dizer que o FC Porto está em crise, mas é certo de que a equipa está a jogar pouco e isso para nós, adeptos que queremos sempre mais, é significativo de que a equipa não está bem.

Aquilo que mais me incomoda é que se insiste sempre nos mesmos jogadores mesmo quando se vê que eles não estão nas suas plenas capacidades.

A primeira parte deste jogo com o Belenenses foi, outra vez, muito fraca. Jogou-se sempre de forma muito lenta, sem criar muitas situações de golo, É certo que, mais uma vez, tivemos uma equipa a jogar unicamente à defesa, mas também é certo que uma equipa que não acelera, que não cria desiquilibrios, não pode esperar ter espaços.

Vamos esperar que esta fase que a equipa está a passar tenha um fim rápidamente e que até lá não se percam mais pontos, seja para que competição for, de modo a que quando a equipa voltar às prestações que já nos habituou, e tenho a certeza que vai voltar, tenha hipótese para discutir a decisão da competição.

Uma nota final para o golo anulado por fora de jogo ainda na primeira parte. Primeiro para dizer qie as leis da física foram outra vez postas à prova e que se descobriu novos modos de fazer passes estando virado para o outro lado (o Meireles é bom, mas não é um super-homem), mas isso não será anormal se dissermos que o assistente é aquele a que denominam de "ferrari" e que talvez por isso as leis da física tenham um outro significado. Mesmo sem repetição consegue-se ver-se que seria improvável que tivesse sido o Meireles e colocar a bola naquela local, estando virado para o lado que estava e fazendo o movimento como o fez.

Mas enfim ... isso não justifica o resultado. Apenas justifica uma tendência.

«Não gostei do resultado, mas a exibição do F.C. Porto teve coisas importantes, porque o F.C. Porto foi uma equipa empenhada e que tentou ganhar sempre. Não é fácil jogar em espaços reduzidos, contra adversários agressivos. O F.C. Porto voltou a ter um jogo difícil como têm sido todos os outros. Normalmente marcamos golos cedo, hoje não marcámos e ficou mais difícil. Estivemos mal na eficácia e, a determinada altura, perdemos noção do jogo colectivo. Foi tudo muito directo no final, mas também tinha de ser assim. Com poucos espaços a velocidade diminui. Temos de habituar-nos a jogar nestas condições e encontrar soluções para a ultrapassar. Na segunda parte, sofremos um golo a frio, o que não é fácil, mas acho que, depois, fizemos o que podíamos para ganhar. Fizemos tudo, faltou-nos um pouco de felicidade no final.»

(Jesualdo Ferreira in MaisFutebol)

Opiniões de Valor


Opiniões de Valor é um serviço que premia voçê por participar nas nossas pesquisas. É a sua oportunidade de influenciar o futuro das empresas e o desenvolvimento de novos produtos. Opiniões de Valor é formado por um grupo de pessoas com experiências específicas,que desejam contribuir para o desenvolvimento de melhores produtos e serviços.


A imagem que vêm em cima é o cheque oferta, o meu primeiro, resultado das respostas dadas aos inquéritos que o Opiniões de Valor me foi fazendo.

Ninguém pense que vai enriquecer a responder a questionários, mas é uma maneira de sermos premiados pelas respostas que vamos dando e somos um contributo mais efectivo para as melhorias de bens e serviços.

É fácil, é barato e não dá milhões ... mas vai dando uns euros. LOL

Assalto ao Metro 123



Sinopse:
Walter Garber (Denzel Washington), um controlador de tráfego da linha do metro de Nova Iorque, vê-se envolvido no sequestro de um dos comboios por quatro bandidos armados comandados por Ryder (John Travolta), líder tão brilhante quanto implacável, que ameaça matar a sangue frio os 18 passageiros caso o resgate de um milhão de dólares não seja pago no prazo máximo de uma hora. Garber e Camonetti (John Turturro), negociador da polícia de Nova Iorque, são as pessoas do outro lado do telefone que usarão todos os meios para vencer os criminosos e salvar os passageiros. Mas um problema continua sem solução: mesmo que os ladrões consigam o dinheiro, como poderão escapar da linha de metro? Caberá a Garber o desafio de antecipar as intenções de Ryder e desvendar o enigma.

Este "Assalto ao metro 123" é um "remake" do filme com o mesmo titulo feito em 1974, baseado no romance Morton Freedgood.
É um filme que acaba por ser previsível mas que pelos actores que o fazem pode ser classificado de bom. É sempre agradável ver o Denzel Washinton e o John Travolta a interpretar.

quinta-feira, outubro 29, 2009

Fala Jesualdo ...

Jesualdo Ferreira fez hoje a habitual antevisão ao jogo de sexta-feira frente ao Beleneneses. O jogo é no estádio do Dragão e terá transmissão na RTP1 às 20h15.

O momento da equipa e a adesão do público
«Gostaríamos de ter mais gente no estádio. Em treze jogos oficiais, o F.C. Porto venceu 10. Há um registo claro de um F.C. Porto que tem tido dificuldades mas ganha. Gostaríamos que viessem ainda mais para observarem as nossas dificuldades mas para verem ainda o que podemos fazer melhor»

Os disponiveis e as ausências
«O F.C. Porto tem um plantel de 17 jogadores de campo aptos a jogar, neste momento. É nesse sentido que iremos enfrentar os próximos três jogos. Num curto espaço de tempo, o F.C. Porto irá jogar três partidas decisivas. Admitindo que poderá não recuperar mais ninguém, vou olhar para este ciclo fazendo a gestão desses activos.»

A chamada de Hulk à selecção brasileira
«Quanto ao Hulk, e tantas vezes me fazem perguntas sobre ele pelo lado negativo, resta-me apenas dizer que estamos todos muito felizes pela chamada dele à selecção nacional do Brasil»

A posição do FC Porto relativamente ao jogo entre os actuais lideres
«A nossa linha de funcionamento foi sempre os nossos jogos. E vai ser assim. O jogo que vai acontecer sábado, entre os dois primeiros classificados, será depois do nosso. Não funcionamos fora das nossas preocupações. Queremos apenas garantir uma equipa competitiva, resolver algumas questões e vencer o nosso jogo»

O adversário
«Quando vamos a exame e não corre bem, há um conjunto de acções que se passam. A nossa vida é assim. O Belenenses será um adversário difícil, tem um bom treinador e uma boa equipa. Empatou em Alvalade. Estudámos bem o adversário e será uma equipa que virá aqui colocar as mesmas dificuldades de outros. Temos de melhorar o que não estivemos bem»

Sobre a ausência de castigo ao Aimar
«Na altura, fiz um comentário e ainda me chamaram mentiroso. Na altura, o caso do Lisandro López foi considerado fundamental para um quadro legal. O que passou no jogo do Benfica, com o Aimar, será um caso para ser tratado pelas entidades competentes. Teria de discutir bom-senso, até à forma como alguns regulamentos são interpretados. Para já, vou observar o que se vai passar. São áreas em que estamos atentos»

Jesualdo Ferreira tem feito aquilo que é possível com os jogadores disponíveis. É certo que muitas vezes a equipa não tem jogado bem, mas também é certo que os objectivos têm sido cumpridos. Estamos na luta pelo campeonato, na luta pela passagem aos oitavos da liga dos campeões, na luta pela taça de Portugal e na luta pela taça da cerveja.
Mais do que golear é importante vencer quando se está no mau momento da época.

Jesualdo esteve bem ao não se alongar muito em conversas sobre o caso Aimar, até porque todos sabemos que não vai dar em nada. O objectivo na época passada não era aplicar um castigo era tentar abater o FC Porto no seu trajecto rumo a mais um campeonato.

A cereja no topo do bolo foi a alusão à chamada de Hulk à selecção canarinha, alusão feita sem que os jornalistas tivessem feito qualquer tipo de pergunta. É importante ressalvar os bons momentos dos nossos jogadores e Jesualdo sabe-o bem.

Portugal na rota do surf

Ondas pequenas, ondas grandes, ondas moles e ondas pesadísimas. Houve de tudo neste Rip Curl Pro Search, prova que se confirmou como um dos mais importantes eventos desportivos do ano no nosso país.
Este Rip Curl Pro Search veio à procura de uma onda especial, mas encontrou mais qualquer coisa. Porque Supertubos não é, nem de perto, nem de longe, uma onda pouco conhecida, o verdadeiro achado da Rip Curl e da ASP foi o povo português. Mas, também, que diabo, era uma questão de tempo até esta Nação de pescadores e navegadores, nascida e criada com os olhos no mar, se transformasse numa pátria de surfistas. E é bom que nos habituemos todos, porque a onda está aqui.


(in Record)

O vencedor da prova em Peniche foi Mick Fanning que assim consolida a liderança na classificação e deixa para a última prova, disputada em Dezembro no Hawai, a decisão de quem é o campeão.

O "nosso" Tiago "Saca" Pires, apesar de eliminado logo na primeira ronda, numa decisão algo polémica da organização que deixou que a ronda fosse para a frente sem que houvessem condições, mantém o 23º lugar da classificação.

Com a realização desta prova em Portugal e pelas excelentes ondas que ao longo dos dias foram aparecendo em Peniche, Portugal está sem sombra de dúvidas na rota das grandes provas internacionais do surf.

quarta-feira, outubro 28, 2009

Vergonha Jornalística

É um abuso o que alguns órgãos de comunicação social fazem para vender jornais. Mas não há problema, visto o FC Porto ser superior a todos os rivais e não precisar de ser levado ao colo pela imprensa.

Mais um reforço ...


Este fundo que o Benfica arranjou para a contratação dos jogadores é um poço sem fundo. LOL

Nomes não ganham jogos ...

«Não há razão nem explicação para este resultado. Temos de dar a cara e assumir a responsabilidade. A equipa treinou bem, estivemos concentrados e a preparação foi boa, mas o Alcorcón jogou muito bem. Vimos o adversário 3200 vezes. É uma equipa com uma motivação tremenda e capaz de jogar ao mais alto nível. Não me surpreendeu. Vi os seus últimos jogos, tínhamos informações, mas jogaram muito bem»

(Pellegrini, treinador do Real Madrid in MaisFutebol)

Mais uma vez está provado que um conjunto de nomes sonantes não é necessáriamente um conjunto de jogadores e nunca será uma equipa.

E não me venham com histórias. Se o Cristiano Ronaldo tivesse o dom de inverter sozinho este conjunto de maus resultados então também conseguiria levar a selecção até titulo de campeã do mundo.

Como isso ainda não aconteceu eu vou continuar a dizer que a sua ausência nota-se na equipa do Real mas não é por si só justificativa de nada.

The Ugly Truth



Sinopse:
Uma romântica produtora de um programa de TV matutino é submetida a alguns testes absurdos por parte do seu correspondente machista de modo a provar as suas teorias sobre relacionamentos e para ajudá-la a encontrar o seu amor. Porém, estes esquemas acabam por ter resultados inesperados.

"The Ugly Truth" ou em portugês "ABC da Sedução" (???) foi uma verdadeira surpresa. Uma comédia romântica bem conseguida e que em alguns momentos nos leva a dar uma valente gargalhada.

Vale a pena ver.

terça-feira, outubro 27, 2009

A NBA começa hoje ...

Começa hoje a época 2009-2010 daquele que é o melhor basquetebol do mundo, vulgo NBA.

Os LA Lakers são os detentores do titulo e é nessa condição que vão iniciar esta época.

Vejam aqui uma retrospectiva da história dos Lakers.



Para acompanhar todos os acontecimentos deste desporto fantástico é só clicar em NBA.COM

Solução financeira

Depois de mais uma vez quase adormecer a ver o jogo do Sporting tive uma ideia, que pode ser revolucionária, para que o clube de Alvalade possa resolver os seus problemas financeiros e assim conseguir sair deste entorpecimento onde está.

O Sporting podia aproveitar as gravações dos seus jogos e vendê-los, na totalidade ou apenas em partes, como medida de combate à insónia.

Sorteio da Taça - 4ª eliminatória

Foi esta terça-feira que as bolas contendo os nomes do clubes que ainda estão em competição na Taça de Portugal foram para o pote.

A eliminatória irá decorrer no dia 22 de Novembro e conta com alguns embates interessantes.

Tirsense-P. Ferreira
Pescadores Caparica-Sporting
Rio Ave-Santa Clara
Nacional-Fátima
Oliveirense-F.C. Porto
D. Chaves-U. Serra
Naval-Gil Vicente
Freamunde-U. Leiria
Aliados Lordelo-Leixões
Sp. Braga-V. Setúbal
Benfica-V. Guimarães
Académica-Beira Mar
Camacha-Vigor Mocidade
Oeiras-Pinhalnovense
Valenciano-Belenenses
Vieira/Mafra*-U. Madeira

O FC Porto desloca-se ao terreno do Oliveirense, num jogo que vai ter o seu q.b. de complicação, mas onde esperamos trazer a vitória para proseguir nesta competição da qual também ainda somos detentores.

«A Oliveirense é uma equipa que procura o seu espaço na Liga Vitalis e que procura consolidar o seu projecto desportivo. Tem jogadores experientes, que jogaram na Liga, e um técnico jovem, com capacidade. Vamos procurar defender um título que é nosso.»

(Vitor Baía in MaisFutebol)

Como se pode verificar o jogo grande desta 4ª eliminatória é o Braga-Setúbal, pois o encontro entre o Benfica-Guimarães já está decidido, ou não fossem os dois clubes aliados, uma aliança que em nada os beneficiou (na sua tentativa de tirar o FC Porto da Liga dos Campeões), mas mesmo assim não deixa de ser aliança.

«Não foi o melhor sorteio. Não era esperado, mas saiu assim e agora vamos preparar-nos. É um adversário muito difícil»
(Rui Costa in MaisFutebol)

Reparem no comentário "não era esperado". Nem me vou alongar sobre o que isto poderia querer dizer. Deixo à consideração de cada um.

No basebol também é assim ...

«Se estiverem atentos à minha forma de me expressar em campo já podiam ter reparado que quando estou a falar com os avançados levanto dois dedos. Nesse caso, estava a falar para os meus defesas, eles sabem o que o gesto quer dizer. É para continuarem a jogar em linha, para tirarmos profundidade ao adversário. Por coincidência, foi a seguir ao 4-1»

(Jorge Jesus in MaisFutebol)

Jorge Jesus depois do quarto golo do benfica levanta quatro dedos na direcção do treinador do Nacional, Manuel Machado, com quem tem diferendos antigos.

A alusão aos dedos faz-me lembrar o gajo do basebol que recebe as bolas que são lançadas. Também ele faz um monte de sinais com os dedos que apenas o lançador percebe LOL

Depois de mais uma vitória do Benfica, onde apenas espero que o Aimar possa ser castigado por mais uma simulação de penalti, como Lisandro foi em tempos (ups ... já me estava a desviar do assunto), Jesus mostra que apesar de estar num grande ainda se comporta como um pequeno.

"O homem prudente não diz tudo quanto pensa, mas pensa tudo quanto diz"
(Aristóteles)

G.I. Joe - The Rise of Cobra



Sinopse:
Do deserto do Egipto às profundezas geladas dos pólos, a equipa de elite G.I. JOE é dotada da mais avançada tecnologia de espionagem e equipamento militar para enfrentar o corrupto traficante de armas Destro e a crescente ameaça das misteriosa organização dos Cobra de forma a evitar que o mundo se afunde no caos.

G.I. Joe é daqueles filmes em que já esperamos e sabemos aquilo que vamos encontrar, os bons ganham no fim. Dito isto, podemos dizer que aquilo que difere este tipo de filmes é o seu conteúdo ao nivel dos efeitos, e este está muito bom. É certo que existem alguns momentos onde a coisa ficou demasiado computorizada, mas no geral o filme está bom.

O "turn" que a história do vilão deu foi a cereja no topo do bolo, mais ainda do que a revelação final.

No geral pode-se dizer que este filme está muito bom e que deve ser visto.

segunda-feira, outubro 26, 2009

Verdade de La Palice

«A parte pior para nós foi qualificarmo-nos. Se nos qualificarmos, Portugal será seguramente candidato firme a ganhar o Mundial 2010, ou pelo menos terminar no pódio»

(Carlos Queiroz in MaisFutebol)

Foi mais uma frase à Carlos Queiroz, que gosta de constatar o óbvio.

No fundo o que Queiroz quer dizer é que, toda e qualquer equipa que se qualifique é candidata a ganhar o Mundial, ou pelo menos de terminar no pódio.

E para dizer isto não é necessário ser-se seleccionador nacional. Qualquer individuo no café diz estas coisas.

domingo, outubro 25, 2009

FC Porto - Académica, 3-2

Aquele que seria, supostamente, o jogo mais fácil do momento, porque se ia disputar frente à equipa que ocupa a última posição da classificação, foi um dos mais complicados que a equipa teve até ao momento em casa.

A Académica ainda não tinha ganho este ano, e continua a não fazê-lo, mas apresentou-se no Dragão com a lição bem estudada. André Vilas Boas, um conhecedor da casa, e que apenas orienta a Académica há uma semana, soube colocar as pedras de uma forma tão consistente que o FC Porto, durante largos periodos, não conseguiu jogar.

A lesão de Fucile logo nos primeiros minutos de jogo, logo a seguir a uma boa jogada, deixa a equipa desfalcada. Fucile tem sido um dos jogadores mais regulares da equipa e a sua saída deixa a equipa mais fraca.

Fraca foi aliás a prestação da equipa durante muito tempo, mais de uma hora. A equipa nunca conseguiu arranjar espaços para atacar e apesar de ter tido neste período mais posse de bola, não foi a equipa mais perigosa, tendo acabado inclusivé a primeira parte com menos remates do que o adversário. Os jogadores do FC Porto jogavam mal e falhavam muito.

Curioso é este espectáculo a que chamamos de Futebol. Num minuto um desastre, no outro uma estrela. Foi assim o dia de Mariano. A jogar mal, como outros hoje, fica em campo na substituição que Jesualdo fez, ao tirar Rodriguez para colocar Farias, e revela-se o jogador que abre o caminho para a vitória azul e branca, ficando assim com o seu nome na história do jogo como um dos heróis. Marca o primeiro golo e assiste para o segundo.

A partir daqui o castelo defensivo da Académica tem o seu colapso. O jogo não, esse ficou mais alegre, mais animado, com mais golos.
A equipa do FC Porto teve mais espaços e começou a jogar melhor. A substituição do Meireles pelo Guarin foi também ela uma aposta ganha.
Guarin deu mais profundidade ao ataque portista e teve alguns bons momentos, lançando a questão do porquê de não jogar mais tempo.

Foi assim o andamento do marcador:
65' - Golo do FC Porto
Mariano, na segunda vaga do pontapé de canto, remata de cabeça e faz o primeiro golo.
68' - Golo do FC Porto
Farias aproveita a falha no corte do defesa da Académica ao cruzamento de Mariano e faz o segundo golo.
76' - Golo da Académica
Rui Pedro desfere um excelente remate não dando qualquer hipótese a Helton
82' - Golo do FC Porto
Farias aproveita o passe de Guarin e remata colocado para o fundo das redes.
92' - Golo da Académica
Sougou recebe na área portista roda sobre Rolando e remata para o fundo das redes.

Apesar das dificuldades o FC Porto ganhou e coloca-se mais próximo da liderança. A equipa não está a jogar um futebol gracioso mas vai conseguindo ganhar. E isso no fundo é o que conta.

«Quando uma equipa como o F.C. Porto, que tem de ganhar sempre, frente a um adversário que se fechou muito nem, descomprime, às vezes acontecem estas situações. É nestes momentos que a equipa tem de ganhar maturidade. Penso que o segundo golo da Académica já não devia ter acontecido, o F.C. Porto podia ter feito mais. A Académica depois do primeiro golo também começou à procura de outro resultado e isso tornou-se mais fácil. Precisamos de mais segurança e uma exigência mais lúcida.»

(Jesualdo Ferreira in MaisFutebol)

Verão de Outubro

Este fim de semana fomos mais uma vez premiados com um excelente tempo de verão. Não é apenas o sol e o calor, é também a temperatura da água.

Aproveitando este tempo fomos até à praia, primeiro com o objectivo de dar diversão ao Thor e depois para nos divertirmos.

Afinal acabamos todos por tomar uns belos banhos, e se pensam que foram apenas de sol estão muito enganados. Fomos todos à água, que tal como já disse, estava excelente.

Estes dias de verão em pleno Outono são uma dádiva e estão apenas ao alcance que quem abita no Algarve :) Praia com qualidade e com muito menos gente que nos verdadeiros meses de verão.

Know1ng



Sinopse:
Para festejar o aniversário de uma escola, é organizada uma cerimónia em que é aberta uma cápsula do tempo que contém mensagens escritas por crianças 50 anos antes. Uma dessas mensagens é um estranho mapa numérico, uma sequência de números incoerente. Mas, quando o mapa é descodificado, descobrem com surpresa que cada sequência de números corresponde à data exacta de catástrofes que ocorreram nos últimos anos: terramotos, incêndios, maremotos. Com algumas dessas profecias ainda por se concretizarem, começa então uma corrida contra o tempo.

Knowing é um filme a duas partes. Pensamos que o filme tem um encaminhamento e depois há uma volta que coloca a história de outra maneira.
O filme está bem conseguido, com os efeitos especiais a não serem demasiado impolados, mesmo nos maiores desastres, mas o fim podia ter sido outro e é apenas por isso que não coloco o filme entre os melhores.
Durante parte do filme estava agarrado à cadeira e depois fui-me largando e no fim ficou uma ligeira sensação de desilusão.

De qualquer das maneiras Knowing é um filme que deve ser visto porque está bom.

sábado, outubro 24, 2009

Biblioteca de Livros Digitais


Integrado nas múltiplas acções do Plano Nacional de Leitura, a Biblioteca de Livros Digitais é um espaço dinamizador de iniciativas relacionadas com leitura e a escrita, que se assume como um agregado de livros de autores consagrados e aprovados pelo Plano Nacional de Leitura e, em simultâneo como um repositório de trabalhos realizados por pessoas interessadas em criar outros textos motivados pelo livro que acabaram de ler.

(imagem e texto in site Biblioteca de Livros Digitais)

A Biblioteca de Livros Digitais é um site onde para além dos livros que se podem ler, motivando as crianças (e não só) para a leitura, se pode também ouvir alguém a ler os referidos livros, dando assim maior e nova abrangência ao contexto de leitura.

Depois da leitura os frenquentadores são aliciados a escrever uma história, a comentar o livro, no fundo a publicar algo acerca da obra que leram ou sobre uma obra sua que desejem partilhar.

Esta é uma excelente utilização deste ferramenta tão utilizada que é a internet e as suas multiplas aplicações.

Não deixem de passar pelo site, bastando para isso clicar aqui, e aproveitem o bem momento passado na companhia dos filhos, seja a ler ou apenas a ouvir, com eles, as histórias.

Fala Jesualdo ...

Jesualdo Ferreira fez este sábado a antevisão ao jogo de amanhã frente à Académica. Como habitualmente este é o jogo mais importante para o FC Porto porque é o próximo.

O adversário
«Sempre que há mudanças na vida, há sempre expectativas e dúvidas em relação ao que esperar. A Académica que conhecíamos, agora será diferente. O quadro de motivação pode ser superior. Não encaramos nenhum jogo com facilitismos. O jogo com a Académica merece-nos todo o respeito, porque é o próximo. Se queremos chegar ao fim e ser campeões, temos de pensar dessa forma. É neste jogo que estamos plenamente concentrados»

«A Académica fez uma boa época, no ano passado, mas agora está em último. Tem praticamente os meus jogadores, mas com outro treinador será necessariamente diferente. Não temos grande conhecimento, nesta altura. As dúvidas alertam-nos»

O momento da equipa
«O F.C. Porto está melhor tacticamente, apesar de todas as lesões, interrupções de treino e ausências. Fucile disse que estamos melhores porque o F.C. Porto agora está mais sólido, mais constante. Pretendemos ser o mais constantes, o mais equilibrados possível. A equipa acredita nos processos que utilizada. Quando há esse entendimento, tudo fica mais fácil»~

«Em futebol, não se descobriu tudo. Não há grupos de jogadores que atingem limites. É obrigatório que se melhore, há sempre espaço para melhorias. Há sempre possibilidade de sucederem coisas novas. Essa progressão tem acontecido no F.C. Porto, nos últimos anos, e vai continuar a acontecer. Temos levado as coisas com dificuldade mas com muito empenho dos jogadores. Nota-se perfeitamente que, em relação à equipa que foi campeã o ano passado, saíram sete jogadores! Ainda assim, a equipa continua a dar conta de si na Liga e na Champions»

O jogo 150
«Claro que o 150º jogo tem um sabor especial. Não acontece todos os dias. Muitos treinadores atingem isso, sobretudo no futebol inglês, mas não sei se haverá muitos na história do futebol português. Espero chegar bem mais acima disso, se Deus quiser»

As ausências que se têm verificado
«O Belluschi não joga, infelizmente, como não está o Valeri, o Varela, enfim, todos os que têm estado lesionado. Infelizmente, não só por lesões, não temos conseguido um trabalho constante e uniforme. Mas ganhámos sem o Hulk, ganhámos sem o Belluschi, tal como aconteceu na época passada sem outros.»

«A curto prazo, quando as coisas se equilibrarem, vamos então ter a resultante de todo o trabalho que temos estado a fazer. A equipa vai naturalmente aparecer no patamar superior. É preciso entender o que o Fucile disse ontem, a forma como os jogadores se expressam, neste caso os uruguaios. Ele disse que o F.C. Porto é uma equipa mais forte, nesta altura»

O campeonato e os líderes
«Este campeonato está muito longe de ter uma linha de análise clara. Na primeira jornada, por exemplo, houve um líder porque todos os outros jogos ficaram empatados. As próprias mudanças de treinadores, que eu pensava que tinham acabado, porque não é a forma mais correcta de resolver as coisas, acabaram por acontecer. Nesta altura, ainda há muitas indefinições em muitas equipas»

Esta é lista dos convocados para o jogo frente à Académica
Guarda-redes: Helton e Beto;
Defesas: Fucile, Sapunaru, Rolando, Maicon, Bruno Alves, Nuno André Coelho e Alvaro Pereira;
Médios: Prediger, Fernando, Raul Meireles, Guarín e Mariano González;
Avançados: Hulk, Falcao, Farías e Cristian Rodriguez.


(in MaisFutebol)

O jogo é, tal como disse, amanhã às 20h15 e tem transmissão na RTP1.

Depois da vitória sobre o Apoel para a Champions espera-se outra vitória para o campeonato.

sexta-feira, outubro 23, 2009

Que golaço!!!!!!!

Há golos que são belos, há outros que são soberbos pela complexidade dos movimentos, mas um golo de grau de complexidade elevada efectuado por um miúdo de 9 anos é qualquer coisa de extraordinário.

Vejam aquilo que estou a falar.



(in site MaisFutebol)

quinta-feira, outubro 22, 2009

FC Porto - Apoel, 2-1

Está feito metade do percurso desta fase de grupos da Champions League e o resultado é positivo. Uma derrota e duas vitórias colocam a equipa do FC Porto em boa posição na classificação do grupo, com 6 pontos.

O jogo de ontem teve, mais uma vez, partes distintas numa mesma equipa. O FC Porto não começou bem, mostrando dificuldades na construção do jogo ofensivo, um pouco por culpa da ausência de Belluschi mas também pela colocação do Mariano como construtor.

A construção pelo meio era algo deficiente e o Apoel fechava as hipóteses de construção pelas laterais. Com este cenário os processos ofensivos estavam limitados. O Apoel tinha dificuldades de transição defesa-ataque mas a bola era recuperada pelos avançados do FC Porto e nessa altura não havia a quem passar a bola e o ataque era dificiente.

Curiosamente e contrariamente ao sentido de jogo foi o Apoel que marcou primeiro mesmo sem ter feito um único remate à baliza, aliás o primeiro remate da equipa de Chipre foi aos 65 (!!!) minutos de jogo.

O FC Porto empata numa das muitas perdas de bola do Apoel quando fazia a transição defesa-ataque, num aproveitamente oportuno de Falcao que serve Hulk para este fazer o seu primeiro golo nesta edição da Champions. Estava feito o empate e já se respirava de novo.

Na segunda parte Jesualdo fez a alteração que mudou o curso do jogo. Colocou Rodriguez no meio-campo e Mariano na ala. O FC Porto ganhou organização e isso correspondeu ao melhor periodo da equipa, premiada com o segundo golo, na transformação da grande penalidade por mão do defesa do Apoel.

Quando o FC Porto acusava já algum desgaste e começava a baixar as suas linhas, Mariano tem uma atitude irreflectida e é expulso. Não é uma agressão no sentido feio da palavra mas o movimento feito pelo braço foi bem aproveitado pelo jogador do Apoel e com o árbitro a poucos metros a decisão aceita-se.
A equipa teve então de demonstrar a sua capacidade de sofrimento e mesmo tendo algumas oportunidades para marcar isso não aconteceu e foi a sofrer que se acabou o jogo.

A vitória era o objectivo e aproveitando o facto do Chelsea ter também ele ganho ao Atlético de Madrid o objectivo de passar aos oitavos de final está bem encaminhado. A proxima jornada é outra vez com o Apoel, desta vez no Chipre, e uma vitória pode arrumar as contas do apuramento.

«Houve momentos em que fomos melhores outros em que não fomos tão bons. Houve uma equipa serena e inteligente, que teve um período mau, a seguir à expulsão do Mariano. O APOEL joga fechado e, na primeira parte, a circulação de bola não foi rápida, porque o APEOL não deu espaço nas laterais. O golo do adversário apareceu da única forma que o APOEL tem para marcar, com cruzamentos. A seguir, o Porto espevitou e chegou aos golos. Houve algumas alterações de posicionamento que correram bem, e elas às vezes não saem assim.»

(Jesualdo Ferreira in MaisFutebol)

quarta-feira, outubro 21, 2009

Qual a parte do corpo que chega primeiro ao céu?

No infantário, a Professora pergunta:
- Qual a parte do corpo que chega primeiro ao céu?

Uma menina levanta o braço:
- As mãos, Professora!

- E porquê? - pergunta a professora.

- Porque quando rezamos elevamos as mãos ao céu. - responde a menina

Nisto, o Tomé retrucou.
- Não, nada disso, são os pés!

- Ah sim Tomé, e porquê? - pergunta a professora...

- Bem, esta noite, fui ao quarto dos meus pais, a minha mãe tinha os pés no ar, e estava a gritar: "Meu Deus, meu Deus, estou indo ao céu. Estou indo ao céu..."
E ainda bem que o meu pai estava em cima dela segurando-a, senão, lá ia ela.

(recebida via e-mail)

terça-feira, outubro 20, 2009

segunda-feira, outubro 19, 2009

E o adversário é ...

... a Bósnia.

O sorteio para o play-off do apuramento para o Mundial de 2010 foi hoje e foi a Bósnia que saiu no sorteio à equipa portuguesa.

Do sorteio também ficou definido que Portugal jogará primeiro em casa, no dia 14 de Novembro, e depois, no dia 18 de Novembro, irá à Bósnia jogar a segunda mão deste pay-off. Já se sabia que o jogo em Portugal iria ser disputado no estádio da Luz.

«Estou muito confiante que numa eliminatória de muita tensão e muita emoção, em que é tudo para o ganhador e nada para o perdedor, estou convencido que temos todas as razões para estar confiantes que Portugal vai chegar à África do Sul»

(Carlos Queiroz in MaisFutebol)

«Já disse e repito. Os portugueses têm fama, um enorme concentrado de talento. Acho que os portugueses são favoritos, mas não são sempre os favoritos que ganham»

(Miroslav Blazevic, seleccionador da Bósnia, in MaisFutebol)

Depois de um apuramento com altos e baixos aquilo que espero é um play-off certinho. Um bom jogo em Portugal, conseguindo um bom resultado, para que depois se possa jogar mais soltos e sem pressão no jogo na Bósnia.

sábado, outubro 17, 2009

FC Porto - Sertanense, 4-0

Ao habitual adversário da Taça de Portugal o tratamento habitual. Quatro golos sem resposta e o bis de Farias. Tem sido assim nos últimos três anos.

O FC Porto apresentou uma equipa renovada, baseada na gestão do plantel e também devido à qualidade do adversário, mas nem por isso facilitou.

Aos 10 minutos já a equipa ganhava por duas bolas e tinha um jogador a mais, fruto da expulsão do jogador da Sertã que colocou mão na bola impedindo a progressão desta para o fundo das redes.

Daqui para a frente foio "um passeio no parque", as oportunidades de golo sucediam-se, falhando-se umas e outras eram defendidas pelo guarda-redes do Sertanense, que foi o melhor jogador da equipa do Sertã.

Até ao final houve hipótese de se ver jogar alguns dos jogadores da equipa dos sub-19, e também para se marcar mais dois golos.

Foi assim o andamento do marcador:
5' - Golo do FC Porto
Hulk executa de forma magistral um livre directo enviando a bola por cima da barreira e colocado-a no fundo das redes.
10' - Golo do FC Porto
Farias converte a grande penalidade.
39' - Golo do FC Porto
Rodriguez trabalha bem a bola na esquerda e cruza rasteira para a área onde aparece Farias a desviar a bola do guarda-redes.
87' - Golo do FC Porto
Hulk na entrada da área remata, a bola sofre um pequeno desvio e vai para o fundo das redes.

"Três anos depois da primeira vez, não há dúvida que possa alimentar-se: os confrontos entre o F.C. Porto e o Sertanense são tão previsíveis como uma telenovela das nove. Por isso ficam algo enfadonhos. Já se sabe que os bons ganham sempre e que Farias é o herói que sai de cena feliz da vida."

(in MaisFutebol)

Uma nota para o miúdo Sérgio Oliveira. Mostrou grande qualidade técnica e uma excelente visão de jogo. A jogar ao lados dos "grandes" deu mostras de que é um jogador que se deve seguir com atenção e que a escola do FC Porto está a trabalhar bem. Para que a exibição fosse nota 10 faltou apenas o golo e isso ele tentou.

«Pode retirar-se muito deste jogo. Em primeiro lugar podemos avaliar os jogadores que não têm tido competição. São jogadores com muito treino e poucos jogos. Em relação ao Hulk, Farias, Fernando e o próprio Rodriguez foi importante dar-lhes minutos após uma paragem da competição dos clubes. Portanto todos eles rodaram, competiram, deixaram-me indicações para o futuro. Foi muito agradável ver alguns juniores jogar. Neste quadro, o resultado ficou feito cedo e foi importante para manter um esquema táctico novo, que permitiu resguardar o esforço de Fernando, colocar Maicon e Nuno André Coelho na sua posição e ver o Prediger no centro do terreno. Não havia outra estrutura táctica que permitisse fazer isto tudo com os jogadores e ver a maior parte deles na posição de raiz de cada um. Foi aliás assim que preparámos o jogo. Por isso digo que este esquema de três defesas não está nos meus planos para o futuro, até porque não é esta a base de trabalho, o que não quer dizer que não recorra a ela no futuro.»

«Não gosto de falar sobre situações de jovens que acabaram de se estrear. Todos eles puderam conviver com colegas mais velhos e com um ambiente diferente. O que vão ser no futuro tudo depende da evolução que apresentarem e depende de muitos factores. Têm uma qualidade boa. Muitos destes jovens vão sair amanhã nos jornais, vão ter os familiares a pensar que já são grandes jogadores, mas neste trajecto já vi muitos jogadores ficar pelo caminho. Não é fácil jogar no Dragão nem para os consagrados, quanto mais para os miúdos que cheguem. Queremos ajudar os jogadores a crescer no futuro e a serem grandes jogadores.»

(Jesualdo Ferreira in MaisFutebol)

Ontem tinha dito que tinha sido importante o facto do Jesualdo não ter dado muita importância aquilo que tinha sido escrito acerca do Rodriguez. Hoje foi a vez do jogador "fazer as pazes" com a equipa e com os adeptos. Depois dum jogo bem conseguido recebeu uma ovação por parte dos adeptos e no fim disse que se tinha expressado mal. É assim que se resolvem os problemas.

«Expressei-me mal, houve muitos jornalistas que me perguntaram o que se tinha passado. Eu disse que foram 15 dias complicados, porque saí de uma lesão para outra, e por causa da minha lesão não sabia se ia poder jogar pelo Uruguai. O Porto fez o necessário para eu poder seguir, mas uma entorse não se trata facilmente.»

(Rodriguez in MaisFutebol)

Resolvida que está esta eliminatória da Taça de Portugal é altura de preparar a equipa para o jogo frente ao Apoel para a Liga dos Campeões.

O jogo é já na quarta-feira às 19h45.

Caffeine



Sinopse:
Nesta hilariante comédia as relações entre empregados e clientes viram-se de pernas para o ar e azedam-se, de súbito, ao virem a lume uma série de idiossincrasias e segredos muito embaraçosos acerca das suas aventuras e desventuras sexuais. É o caso do namorado possessivo que descobre que a noiva é uma ex-actriz porno, ou o caso da jovem e brilhante advogada que, às portas do casamento, descobre que o futuro marido é travesti. Mas, afinal... O que andam eles a cozinhar?

Caffeine tem momentos deliciosos. Humor negro no seu melhor.

Transformers 2 - Revenge oh the Fallen



Sinopse:
A batalha pela terra terminou mas a batalha pelo universo está apenas começando. Depois de retornar à Cybertron, Starscream assume o comando dos Decepticons e decide retornar à terra com sua tropa. Os Autobots que acreditavam que a paz era possível descobrem que o corpo de Megatron foi roubado das forças armadas americanas por Skorpinox que o ressucitará usando seu próprio “Spark”. Agora Megatron está de volta sedento por vingança e com o reforço de Starscream e Decerpticon. Os Autobots mesmo com todos os reforços que possuírem, talvez tenham muito mais à lidar do que seus olhos possam alcançar.

Aguardava com grande expectativa puder ver este segundo filme dos Transformers e a verdade é que não fiquei nada decepcionado com ele.
Revenge of the Fallen está assombroso nos efeitos especiais, expectacular nas transformações, q.b. nas explosões e com história.

Para não falar da Megan Fox que está divinal :)

Um filme a não perder ... para todos e não apenas para os amantes do género.

sexta-feira, outubro 16, 2009

Fala Jesualdo ...

Jesualdo Ferreira fez a habitual antevisão ao jogo que se vai disputar amanhã, no estádio do Dragão, a contar para a terceira eliminatória da Taça de Portugal.

O adversário é o Sertanense, um habitual confronto dos últimos anos, sendo que a diferença deste ano é o facto do jogo ser, como já tinha dito, no estádio do Dragão.

Como já fiz referência num post anterior o estádio deverá estar cheio. Por esse motivo, e também porque a Taça de Portugal é um dos objectivos da equipa, o jogo só pode ter um desfecho, ou seja, a vitória.

Como é normal, e tem acontecido sempre, a equipa terá algumas novidades, não porque o adversário é teoricamente mais fraco, mas porque a gestão do plantel e a rotatividade assim o exigem.

O jogo e o adversário
«Teremos as dificuldades normais de uma prova a eliminar, com as características da Taça de Portugal. Exige empenho de todos e, nessa perspectiva, o jogo acarreta dificuldades, se não estivermos ao nível que o compromisso exige. Voltamos a defrontar o Sertanense mas, desta vez, é no Dragão. Pelas características que o jogo tem, e porque sentimos que o estádio estará cheio, é um regresso à festa da Taça. Isso obriga-nos a ser sérios e responsáveis»

A equipa escolhida para o encontro
«Há dois factores decisivos para a forma como encaramos o jogo. Temos de ter em conta os compromissos das selecções nacionais e os compromissos do F.C. Porto no futuro. Há jogadores muito fatigados aqui, outros ainda nem chegaram. Se fosse outro jogo, seria igualmente um contexto diferente, mas igualmente com alterações. Há jogadores que vão chegar apenas ao final do dia, há avaliações médicas por fazer.»
«Vou convocar sete ou oito jogadores que, há dias, jogaram contra o Vitória de Guimarães na Liga Intercalar. Isso faz sentido no nosso projecto, para fazer crédito do nosso trabalho. Se vai jogar algum de início? Sim, estou a pensar nisso»

A aposta na formação
«Nos últimos três anos, progressivamente, houve jogadores que foram integrados na equipa principal. Existe, neste momento, uma linha contínua de funcionamento. Cada treinador têm competências para dirigir o trabalho no seu escalão, mas eu tenho conhecimento de todo o futebol do clube. Isso explica a vinda, com mais regularidade, de jogadores dos sub-18 e sub-19 ao plantel principal, bem como o facto de termos um plantel mais curto esta época.
Deixem-me lembrar-vos que o F.C. Porto foi o primeiro clube a forçar a criação da Liga Intercalar. Depois, terminar com as equipas B, foi um erro de trajecto. Portugal é um país sem capacidades financeiras, mas com condições boas para ter um bom futebol. Acho que o F.C. Porto tem, neste momento, as condições criadas para conquistar no futuro tudo o que está a investir agora. Isso tem riscos, naturalmente, e amanhã o risco vai ser para nós»

O caso Rodriguez
«Só há uma verdade. O Cristian Rodriguez tem estado lesionado. Uma semana antes, fez uma lesão do ligamento lateral interno que o impediu de jogar com At. Madrid e Olhanense. Das avaliações que foram feitas, o departamento médico do F.C. Porto entrou em contacto com o departamento médico do Uruguai»
«A nossa relação com os responsáveis do Uruguai é boa. Dentro desse entendimento, com contactos diários, percebeu-se que o Rodriguez não tinha condições para alinhar no primeiro jogo. Entendemos todos que, não jogando o primeiro jogo, fazia todo o sentido recuperar aqui, colocando a hipótese de, recuperando, seguir para a selecção do Uruguai, ficando à consideração deles a utilização do jogador. A partir do momento em que ele chegou ao Uruguai, ficou à responsabilidade deles.»

«As declarações, só as posso encarar com um mal-entendido. Eu quero muito que os meus jogadores estejam no Campeonato do Mundo. Foi sempre esse o nosso espírito em relação às selecções nacionais: impedir um jogador de ir à selecção é algo muito grave»
«Eu falei com o Cristian. O que vos tenho a dizer é que não há duas verdades. Nós estamos tranquilos. Não há qualquer possibilidade de castigo. Na vida, temos de ser profissionais e honestos. O F.C. Porto foi até ao momento em que ele partiu. Ele voltou e voltou bem. Jogou 20 minutos, não comprometeu nem deu sinais de incapacidade.»

(in MaisFutebol)

Importante nesta conferência de imprensa é o facto de se ter desvalorizado as declarações que vieram a público do Rodriguez. Não faz sentido andar na praça pública a lavar roupa suja. O FC Porto sempre tem primado pelo gestão interna que faz dos seus assuntos e este é e será mais um desses assuntos. Se será ou não castigado sobre aquilo que disse será sempre uma coisa que apenas ao grupo diz respeito. Aplauso para esta protecção ao jogador. Aumentar o assunto só iria complicar as coisas.

Estes são os jogadores convocados para o encontro de amanhã:
Guarda-redes: Nuno e Beto;
Defesas: Aex, Bosingwa, Adboulaye, David, Nuno André Coelho e Maicon;
Médios: Sério Oliveira, Dias, Valeri, Fernando, Prediger e Mariano;
Avançados: Claro, Yero, Hulk, Farías e Rodriguez.

Carta Aberta a Maitê Proença

Exma. Senhora:

Foi com indignação que vi a 'peça cómica' que fez em Portugal e passou no programa Saia Justa em que participa. Não que me espante que o tenha feito - está à altura da imagem que há muito tenho de si, pelo que me tem sido dado ver pelos seus desempenhos - mas sim pelo facto da TV Globo ter permitido que tal ignorância fosse para o ar.

Só para que possa, se conseguir, ficar um pouco mais esclarecida:

A 'vilazinha' de Sintra é património da Humanidade, classificada pela UNESCO e unanimemente reconhecida como uma das mais belas e bem preservadas cidades históricas do mundo;

  • Em Portugal, onde existem pessoas que olham para o mouse do seu computador como se de uma capivara se tratasse,
    • foi onde foi inventado o serviço pré-pago de telefones móveis (os celulares) - não existia nenhum no mundo que sequer se aproximasse
    • foi também o que inventou o sistema de passagem nas portagens (pedagios, se preferir), sem ter que parar - quando passar por alguma, sem ter que ficar na fila, lembre-se que deve isso aos portugueses
    • é dos países do Mundo com maior taxa de penetração de computadores e serviços de internet em ambiente doméstico
    • é o único país do mundo onde TODAS as crianças que frequentam a escola têm acesso directo a um computador (no próprio estabelecimento de ensino) - e em Portugal TODAS as crianças vão à escola. Muitas delas até têm um computador próprio, para seu uso exclusivo, oferecido ou parcialmente financiado pelo Ministério da Educação - já ouviu falar do Magalhães? É natural que não... mas saiba que é uma criação nossa, que está a ser adquirida por outros países. Recomendo-o vivamente - é muito simples e adequado para quem tem poucos conhecimentos de informática.
    • somos tão inovadores em matéria de utilização de tecnologia informática e web nas escolas, que o nosso caso foi recomendado por especialista americanos, como exemplo a seguir, a Barack Obama, que é só o Presidente dos Estados Unidos - ao Sr. Lula da Silva tal não seria oportuno, porque ele considera que a Escola não é determinante no sucesso das pessoas (e, no Brasil, a julgar pelo próprio, tem toda a razão)
    • a internet à velocidade de 1 Mega, em Portugal há muito que é considerada obsoleta - eu percebo que não entenda porquê, porque no Brasil é hoje anunciada como o grande factor diferenciador
    • a transmissão por cabo já não nos interessa. Já estamos noutra - estamos entre os países do mundo com a rede de fibra óptica mais desenvolvida. E nesse contexto 1 Mega é mesmo uma brincadeira.
  • O ditador a que se refere - o Salazar - governou, infelizmente, 'mais de 20 anos', mas para a próxima, para ser mais precisa, diga que foram 48 (INFELIZMENTE, é mais do dobro de 20). Ainda assim, e apesar do muito dano que nos causou a sua governação, nós, portugueses, conseguimos em 35 anos
    • Reduzir praticamente a ZERO a taxa de analfabetos
    • Baixar para cifras irrisórias o nível de mortalidade infantil e de mulheres no parto - estamos entre os melhores do mundo
    • Criar uma rede viária que é das mais avançadas do mundo - em Portugal, sem exceder os limites de velocidade e sem correr risco de vida, fazemos 300 Kms em duas horas e meia (daria tanto jeito que no Brasil também fosse assim)
    • Melhorar muito o nível de vida das pessoas, promovendo salários e condições de trabalho condignos. Temos ainda muito para fazer nesta matéria, mas já não temos pessoas fechadas em elevadores, cuja função é apenas carregar no botão do andar pretendido - cada um de nós sabe como fazê-lo e aproveitamos as pessoas para trabalhos mais estimulantes e úteis; também já não temos trabalhadores agrícolas em regime de escravatura - cada pessoa aqui tem um salário, não trabalha a troco de um prato de comida.
    • Colocar-nos na vanguarda mundial das energias renováveis, menos poluentes, mais preservadoras do planeta; enquanto uns continuam a escavar petróleo, nós estamos a instalar o maior parque de energia eólica do mundo (é a energia produzida a partir do vento)

Poderia também explicar-lhe quem foi Camões, Fernando Pessoa, etc., cujos túmulos viu no Mosteiro dos Jerónimos, mas eles merecem muito mais, não o escarro que expeliu pela boca nojenta, para gáudio pessoal, demonstrando uma arrogância e sobranceria menosprezadora, insolente e ordinária. Acha que cuspir da forma como o fez, é uma forma de humor? Nos os Portugueses, não achámos graça nenhuma, à sua matéria viscosa expelida pela boca, foi um insulto imperdoável, e espero que os empresários deste País, não mais a contratem, e as Telenovelas em que seja protagonista, sejam banidas dos circuitos de TV em Portugal.

Ah!, já agora, deixe-me dizer-lhe também que num ponto estou muito de acordo consigo: temos muito pouco sentido de humor. É verdade. Não acharíamos graça nenhuma se tivéssemos deputados a receber mesada para votarem num certo sentido, não nos divertiria muito se encontrassem dirigentes políticos com dinheiro na cueca, não nos faria rir ter senadores a construir palácios megalómanos à conta de sobre-facturação do Estado, não encontramos piada quando os políticos favorecem familiares e usam o seu poder em benefício próprio. Ficaríamos, pelo contrário, tão furiosos, que os colocaríamos na cadeia.

Veja só - quanta falta de humor! Mas, pelo contrário, fazem-me rir as sessões plenárias do senado brasileiro. Aqui em Portugal, e estou certa que em toda a Europa, tal daria um excelente programa de humor. Que estranho não é?!

Para terminar só uma sugestão: deixe o humor para quem no Brasil o sabe fazer com competência (e há humoristas muito bons no Brasil). Como alternativa, não sei o que lhe sugerir, porque ainda não a vi fazer nada que verdadeiramente me indicasse talento... Peço desculpa por não poder contribuir.

(recebido via e-mail)

Há muito que defendia uma coisa destas ...

"O F.C. Porto-Sertanense de sábado, a contar para a Taça de Portugal, está perto da lotação esgotada, face aos mais de 45 mil bilhetes já vendidos.

Além dos 27 mil lugares anuais já adquiridos e dos 1500 disponibilizados aos visitantes, foram vendidos 14 mil ingressos a sócios do F.C. Porto e do Sertanense a um euro e a dois para não associados, e outros três mil distribuídos por escolas do Porto e da Sertã.

Com capacidade para 50 mil lugares, sobram ainda algumas entradas, com preços entre um e oito euros."


(in MaisFutebol)

Ora aqui está uma atitude que temos de louvar. Um jogo da Taça de Portugal, que sempre foi uma competição de festa, entre uma equipa de topo e uma outra mais modesta, vai ter casa cheia.

Campanhas como esta deviam servir de exemplo e repetidas mais vezes.

Grande FC Porto. Sempre há frente do tempo.

Great Story



Excelente anúncio do Canal Plus.

(recebido via e-mail)

quinta-feira, outubro 15, 2009

Perda de tempo

Era inevitável. O campeonato voltou a ser interrompido para se andar a "brincar" às Selecções... à custa dos clubes, claro! Por isso, aproveita-se para descansar e pensar um pouco o que pode ser melhorado no plantel do Porto.


Aquecimento global - Blog Action Day

Hoje é mais um dia de Blog Action Day, sendo que o tema deste ano é o aquecimento global, tema escolhido em votação pelos bloggers de todo mundo que estão registado neste iniciativa.

Blog Action Day é um evento anual que une blogueiros de todo o mundo postando mensagens sobre o mesmo assunto num mesmo dia nos seus próprios blogs, com o objetivo de provocar uma discussão em torno de uma questão de importância global.

Não vou aqui colocar uma dissertação acerca do aquecimento global, nem dos malefícios que esse aquecimento tem para o nosso planeta e para todos os seus habitantes, porque acho que todos, mal ou bem, já vamos tendo consciência desse efeito.

Deixe aqui este vídeo para assinalar a minha participação nesta grande discussão mundial.
Já uma vez aqui disse isto. Se cada um de nós der o seu pequeno contributo na defesa na nossa Terra, um pequeno contributo que seja, já está a dar um grande passo no combate ao aquecimento global e a ajudar a preservação de todos nós.

Não encolhas os ombros e assobies para o ar. Dá um pequeno passo para um mundo melhor.

Portugal - Malta, 4-0

Acabou a fase de qualificação para o Mundial de 2010 e Portugal não pode ainda dizer que cumpriu o objectivo.
Não pode mas pelo menos não se diz que a fase de qualificação foi um desastre. É certo que durante muito tempo andámos a correr atrás do prejuízo, andámos de maquinas de calcular na mão, mas neste momento ainda estamos na corrida pelo lugar no Mundial.

Durante algumas alturas faltou-nos a estrelinha de campeões, umas vezes por culpa própria, outras vezes por culpa do destino. Nestes momentos finais a estrelinha brilhou-nos, primeiro com a vitória da Dinamarca sobre a Suécia e agora com os resultados que nos colocam como cabeças de série deste play-off, evitando as equipas que teoricamente são mais fortes.

Vamos esperar que o brilho da estrela não se apague já e que dure até ao dia 18 de Novembro, altura em que se dá o desfecho final desta qualificação.

No outro dia lia que com estes resultados a selecção, caso conseguisse, ia disputar o Mundial sem qualquer tipo de pressão e que por isso estavam lançadas as condições para um excelente Mundial. Concordo que o que li e espero mesmo que isso possa ser uma realidade.

Para já temos o sorteio deste play-off na próxima segunda-feira, pelas 13h. Vamos ver o que nos calha na rifa.

"Carlos Queiroz venceu esta guerra, depois de perder várias batalhas. Segue-se uma jornada decisiva, com um adversário por definir. A África do Sul nunca esteve tão perto. Há um par de meses, poucos imaginariam este desfecho. O grupo garante que sim, que acreditou sempre no apuramento, mas sejamos sérios. Portugal esteve bem perto da eliminação."

(in MaisFutebol)

«Jogámos bem, marcámos golos, o público foi fantástico. Só tenho de realçar a atitude dos jogadores, que acreditaram sempre e até final lutámos com a esperança de que podíamos conseguir este objectivo.»
«Há sempre aquela afirmação: ¿Venha o diabo e escolha.¿ Vamos preparar-nos para estas duas grandes finais e vamos conseguir.»

(Carlos Queiroz in MaisFutebol)

Uma nota final. A selecção jogou sem Ronaldo.
Pode haver quem diga que o "melhor do mundo" fez falta, que provavelmente com ele em campo as coisas tinham sido mais fáceis.
Eu cá acho que a selecção foi mais equipa sem ele, apenas isso. E, para mim, ser mais equipa é ser melhor.

quarta-feira, outubro 14, 2009

Elementar, caro Watson

Sherlock Holmes e Watson vão acampar.

Montam a tenda e, depois de uma boa refeição e uma garrafa de vinho, deitam-se para dormir.

Algumas horas depois, Holmes acorda e diz para o seu fiel amigo:
- Meu caro Watson, olhe para cima e diga-me o que vê.

Watson responde:
- Vejo milhares e milhares de estrelas.

Holmes, então, pergunta:
- E o que isso significa?

Watson pondera por um minuto, depois enumera:
1. Astronomicamente, significa que há milhares e milhares de galáxias, e, potencialmente, biliões de planetas.
2. Astrologicamente, observo que Saturno está em Leão e teremos um dia de sorte.
3. Temporalmente, deduzo que são aproximadamente 03 horas e 15minutos pela altura em que se encontra a Estrela Polar.
4. Teologicamente, posso ver que Deus é todo-poderoso e somos pequenose insignificantes.
5. Meteorologicamente, suspeito que teremos um lindo dia.
Correcto?

Holmes fica um minuto em silêncio e diz:
- Fdssss... Watson, não vês que nos gamaram a puta da tenda?!!...

(recebida via e-mail)

terça-feira, outubro 13, 2009

Lucro de 5,1 milhões de euros

"A SAD do F.C. Porto apresentou resultados positivos de 5,1 milhões de euros em 2008/09. Nos resultados apresentados esta terça-feira à CMVM, os «dragões» destacam que têm lucro pelo terceiro ano consecutivo,

O passivo total aumentou 19,7 milhões de euros, para 160,8 milhões de euros, números que a SAD justifica com «os investimentos feitos em novos jogadores» e garante que fora entretanto liquidado pelas verbas recebidas nos meses de Julho e Agosto. Nesse sentido, o comunicado salienta que «os resultados apresentados ainda não incorporam as vendas do Lisandro Lopes e do Aly Cissokho ao Lyon e do Ibson ao Spartak Moscovo, as quais foram concretizadas após o fecho do exercício».

A maior receita neste período foi a participação na Liga dos Campeões, que rendeu 16,2 milhões de euros. Do lado dos custos operacionais, a maior fatia vai para os custos com o pessoal. Em salários e prémios a SAD do FC Porto gastou 47,5 milhões de euros, contra 38,7 milhões no exercício anterior."


(in MaisFutebol)

Se os responsáveis pelas contas do FC Porto dizem que houve lucro não sou eu que não perecebo de números que os vou contradizer, mas gostava de uma vez ver as contas contendo todos os números.

Olhando para a notícia não pode deixar de se reparar no aumento brutal do passivo, mas temos de nos lembrar que foram feitas muitas contratações e que houve um importante encaixe financeiro que indicam não constar neste exercício. Em relação aos prémios também se percebe que tenha havido um aumento, visto a equipa ter atingido um patamar diferente e superado os objectivos propostos no inicío da época.

Aproveito este post para colocar um excerto de um comentário feito a esta noticia no site do MaisFutebol. Deixo aqui o excerto para que os leitores deste cantinho tenham uma percepção mais correcta de como se fazem as contas.

"Existem três figuras no balanço de uma empresa: o activo, o passivo e o capital próprio.
Os activos representam todas as coisas que uma empresa tem, o passivo todas as coisas que uma empresa deve, sendo o capital próprio é a diferença entre ambos, ou seja, a saúde financeira de uma sociedade é medida pelo capital próprio que tem.
Caso o capital próprio seja negativo (isto é, o passivo é maior que o activo) isso significa que a sociedade está em falência técnica (como acontece com alguns clubes), isto porque tudo o que a empresa tem não chega para pagar tudo o que deve.
Por outro lado, é perfeitamente possível (e normal) ter lucros e não diminuir passivo, pois os lucros são um aumento do capital próprio (e logo da saúde financeira da empresa), não representando necessariamente uma diminuição da dívida (do passivo), ou seja, a empresa tem mais, mas deve o mesmo.

É como com as finanças de qualquer um de nós, temos um empréstimo no banco (o nosso passivo) e temos a sorte de nos sair 1000 euros no totoloto, esse dinheiro aumenta a nossa saúde financeira (temos mais), mas não diminui o nosso passivo, pois não vamos logo amortizar 1000 euros que devemos ao banco (devemos o mesmo)."

(Rui Amaro in MaisFutebol)

Argentina vs Uruguai

Um confronto no campo ... uma união neste belo corpo feminino.

segunda-feira, outubro 12, 2009

"O Nome do Vento"


"Para que esta história seja como um registo dos meus feitos, devemos começar pelo inicio. Pelo coração do que sou realmente. Para o conseguir, é preciso recordar que, antes de ser qualquer outra coisa, fui um Edema Ruh.

Resgatei princesas dos túmulos de reis adormecidos, incendiei Trebon. Passei a noite com Feluriane parti são e com vida. Fui expulso da Universidade na idade em que a maioria dos alunos é admitida. Percorri caminhos ao luar, que outros receiam nomear durante o dia. Conversei com deuses, amei mulheres e compus canções que fazem chorar os trovadores.
É possívem que tenham ouvido falar de mim.

Fui criado como Kvothe. O meu pai disse-me, certa vez, que significava "conhecer"."

(in "O Nome do Vento")

"O Nome do Vento" de Patrick Rothfuss foi a minha última leitura. Um livro fantástico, que tal como outros teve o efeito em mim de não conseguir para de ler. Nesta última semana ganhei algumas horas de fantasia na mesma medida em que as perdia de sono, mas no fim valeu a pena, vale sempre a pena.

Esta é mais uma história da literatura fantástica, com a particularidade da história ser narrada pelo próprio herói. Foram 966 páginas de aventura, magia, música, amores, desgostos e fantasia, muita fantasia.

"O Nome do Vento" é, segundo aquilo que verifiquei, apenas o primeiro livro de uma triologia, e se Patrick Rothfuss conseguir manter o nível nos outros livros e história deverá roçar o excelente, colocando a fasquia ao nível dum Tolkien.

Aguardo com expectativa o próximo volume ...

Equipamento do Benfica ...



(recebido via e-mail)

Sabem como é ... é impossivel evitar postar estas preciosidades LOL

Onde está a calculadora?

Depois de termos feito o mais dificil, ou melhor depois da Dinamarca nos ter feito o mais dificil, ficámos na linha da frente para o acesso ao Mundial de África do Sul. Resta a vitória na quarta-feira frente a Malta, vitória que não se afigura nada dificil. Malta é uma equipa fraca, que ainda não marcou qualquer golo fora de casa.

Com este cenário foram muitos os que largaram a calculadora e festejaram a presença da selecção portuguesa no Mundial 2010. Mas atenção, ainda falta o play-off e com ele veio a necessidade de voltar a retirar da gaveta a calculadora e de fazer contas.

Neste momento Portugal está fora do grupo dos cabeça de série e essa ausência torna as contas mais complicadas.
Serão oito equipas que irão disputar as últimas quatro vagas no Mundial. Pelas regras da Fifa as quatro primeiras da classificação serão os cabeça de série.

França e Russia já têm lugar garantido nos play-off e, devido à sua classificação no ranking da Fifa, serão cabeças de série.
Gregos e Suíços lutam pelo primeiro lugar do grupo e neste caso qualquer que seja o segundo classificado ambos estão à frente de Portugal e por isso serão sempre cabeças de série.
Resta a Portugal a disputa do quarto lugar. E esta disputa será com a Ucrânia e Croácia. Se a Ucrânia for segunda no grupo Portugal será cabeça de série, caso seja a Croácia a segunda classificada no grupo Portugal será relegado para o grupo dos "não cabeça de série".

Caso Portugal seja cabeça de série poderá defrontar equipas como a Bósnia, República da Irlanda (estas já com lugar garantido no play-off), Eslovénia, Eslováquia, República Chega ou Ucrânia.

Como se pode verificar voltamos a estar de calculadora na mão esperando evitar as equipas que supostamente serão mais dificeis de defrontar.

domingo, outubro 11, 2009

Portugal - Hungria, 3-0

"Voltámos a passar o Bojador e África do Sul volta a estar nos nossos horizontes. Bateu tudo certo. A Dinamarca cumpriu a sua parte em Copenhaga, Portugal não desiludiu em Lisboa e chegou ao segundo lugar do grupo. A Selecção Nacional já não depende de terceiros e, agora, só precisa de vencer Malta para abrir as portas do play-off e continuar a sonhar com uma presença no Campeonato do Mundo."

(in MaisFutebol)

Tal qual como bons portugueses fomos deixando para a última a decisão do apuramento para o Mundial de 2010. Ontem andavamos de calculadora na mão e a aguardar que os números fossem a nosso favor.
Primeiro festejou-se o golo da Dinamarca como se tivesse sido um golo de Portugal e depois festejou-se mais golos e no fim já ninguém se lembrava das calculadoras e dava como garantida a presença de Portugal no Mundial.

O jogo não foi brilhante e os números enganam, não jogamos um futebol assim tão avassalador, mas o que realmente conta são as que entram e ontem entraram 3 bolas na baliza da Hungria.

Para irmos ao Mundial ainda temos de vencer o jogo frente à Malta (o que não parece assim tão dificil) e depois temos de aguardar que a estrelinha nos favoreça com um play-off acessível, bem talvez não acessível, é melhor pedir mesmo fácil, porque assim aumenta as nossas probabilidades.

«Sonhamos sempre com boas coisas e trabalhamos para isso. O que é preciso é realçar é que os jogos jogam-se em todas as frentes. Não é por estarmos a perder que passamos a ser os piores do mundo, nem é por ganharmos que passamos a ser os maiores do mundo. Temos de transportar para Guimarães tudo aquilo que fizemos aqui. Juntar o mérito de jogar bem e querer ganhar. Levar também o entusiasmo. Quero dizer que o público está convocado e vai ser titular. Com este espírito e vontade de fazer em Guimarães, estaremos bem posicionados para chegar aos play-off. Se for assim podemos continuar a sonhar»

(Carlos Queiroz in MaisFutebol)

sexta-feira, outubro 09, 2009

Poker? Mas qual poker?!?

Poker é o nome do jogo e poker é também o nome que se dá a quatro cartas de igual valor. Mas, estranhe-se ou não, nem o poker de ases é a mão mais valiosa de uma mesa.

Confira o desespero, por um lado, e a alegria surpresa, por outro, de alguém que foi all in com uma mão tão poderosa (ou não!), mas saiu escangalhado ao bater contra um improvável royal flush.



(in Record)

«Ainda não marquei? Estou a guardar-me para o Mundial»

«A verdade é que ainda não marquei nesta qualificação. Não há problema, estou a guardar-me para o Mundial.»

(Cristiano Ronaldo in MaisFutebol)

À pois é. Ainda não marcou nesta fase de qualificação, ainda não conseguiu ser jogador de equipa nesta fase de qualificação, ainda não conseguiu ser um capitão nesta fase de qualificação, ainda não conseguiu muita coisa.

Se Ronaldo se está a guardar para o Mundial, tipo quem guarda as poupanças para uma altura de aperto, é melhor mesmo ir ao fundo do colchão e tirar aquilo que lá tiver de melhor e aplicar agora, porque a altura do aperto é mesmo agora.

Caso Ronaldo não esteja a ver o filme na sua totalidade aqui este marinheiro explica. Não dependemos apenas de nós para ir ao Mundial e por isso não vale a pena pouparnos para uma coisa que pode não acontecer.

Relembro aqui uma frase dita por esta mesma personagem. "Se todos fizessem o que fiz já eramos campeões do mundo" (mais coisa menos coisa). Se todos fizerem como tu e se guardarem para o Mundial vamos todos jogar na playstation e aí sim, seremos campeões do mundo.

quinta-feira, outubro 08, 2009

«Se falharmos o Mundial não será uma tragédia»

«São contas para fazer depois. Não me quero preocupar com isso agora, mas não será nenhuma tragédia. Temos falado com os patrocinadores, e logo se vê o que acontece. Pode ser que os patrocínios até aumentem»

(Gilberto Madaíl in MaisFutebol)

Não será seguramente uma tragédia, mas isto de dizer que os patrocínio até podem aumentar soa-me a falso. Será que a nossa selecção é o contrário de todas as outras? Será que os actuais patrocinadores e os seus contratos não esperavam a presença da selecção no Mundial?

No fundo até podem aumentar. Depois de parte dos actuais diminuirem só pode haver um aumento com vista ao próximo europeu.

quarta-feira, outubro 07, 2009

Porto em crescendo

Porto está em crescendo, mesmo jogando só com 10 jogadores. Os parabéns ao Braga, que hoje em dia é o principal rival do Porto; e ao Benfica, o "Leixões" desta época


terça-feira, outubro 06, 2009

Desportista do Ano


Está em votação no site da Confederação do Desporto de Portugal a eleição do desportista do ano.

Entre as várias votações está a de atleta feminina do ano, atleta masculino do ano, jovem promessa do ano, treinador do ano e equipa do ano.

Votar não custa nada e está à distância de um clique. Basta clicar aqui e votar.

Quem gosta de desporto, e falo de desporto no geral e não apenas numa modalidade em particular deve "exercer o seu direito de voto" :)

Participa nesta votação.

Quem fala assim não é gago ...

"Sabemos quais são as nossas obrigações. São 2 jogos para ganhar. Vamos consegui-lo".

(Carlos Queiroz in Record)

Esta é a primeira parte da sua missão. Dar apoio moral aos jogadores, fazê-los acreditar que são capazes, incutir neles o espirito de que têm capacidade para ganhar a quem quer que seja e que são capazes de fazer aquilo que neste momento de afigura uma "missão impossível".

A segunda parte é ser ele (Carlos Queiroz) capaz de estruturar uma equipa capaz de desempenhar essa "missão impossivel". E esta é a missão mais dificil que existe neste momento.

Vontade acredito que tenham. Competência ... a ver vamos.

segunda-feira, outubro 05, 2009

Battle for Terra



Sinopse:
Mala é uma adolescente que vive num bonito e pacífico planeta. O que ela e os seus amigos não sabem é que os últimos habitantes do planeta Terra esgotaram os seus recursos e agora procuram um novo lugar para habitar. Os humanos descobrem que o planeta de Mala pode ser uma solução, mas os nativos não suportarão as mudanças que serão necessárias e a raça acabará. Quando os humanos invadem o planeta, o pai de Mala é raptado e ela rapta um piloto acidentado. Enquanto cuida dele, os dois tornam-se amigos e criam um plano que pode salvar as duas raças.

Excelente filme de animação, muito bem conseguido. Acredito que a 3D seja um filme a roçar as 10 estrelas.
Para além da boa animação a história é muito actual.
Vale a pena ver e se possível mesmo a 3D.

domingo, outubro 04, 2009

Olhanense - FC Porto, 0-3

A viagem do FC Porto ao Algarve, mais precisamente a Olhão, volvidos que estavam 34 anos do último encontro, foi de bom prenúncio.

A equipa jogou em muitas alturas um futebol agradável, criou muitos lances de golo, marcou 3 e podia ter marcado mais uns quantos.

O inicio do jogo até foi melhor para a equipa do Olhanense, mas o FC Porto começou lentamente a tomar as rédeas do encontro. Comandados por um Belluschi de "luxo" o FC Porto foi ganhando supremacia no meio campo e foi empurrando o Olhanense para a sua defesa. Foi aliás dos pés de Belluschi que surgiram os dois passes que deram origem aos dois golos do FC Porto, vantagem que a equipa levava para o intervalo.

No incio da segunda parte, talvez fruto das alterações que o Olhanense fez, talvez fruto da vantagem no marcador, ou talvez devido a algum cansaço por causa do jogo a meio da semana, o FC Porto baixou o ritmo de jogo e isso refletiu um aumento no jogo do Olhanense. Este é ainda um erro que o FC Porto comete com alguma reincidência, quando está em vantagem baixa as suas linhas e o adversário aproveita. Aconteceu com o Sporting e voltou a acontecer hoje.
Felizmente os ataques do Olhanense nunca foram suficientemente perigosos para que se traduzissem em golo, mas andaram lá perto.

Depois do meio da segunda parte o FC Porto voltou a equilibrar o jogo e isso traduziu num aumento do perigo junto da baliza do Olhanense. As oportunidades foram aparecendo e numa delas voltou a gritar-se golo.
Estava feito o resultado final.

Foi assim o andamento do marcador:
14' - Golo FC Porto
Belluschi evita o canto, cruza para a área onde Falcao de cabeça faz o primeiro golo.
45' - Golo do FC Porto
Belluschi volta a colocar a bola na área e Bruno Alves salta mais alto do que os defesas e faz o golo.
86' - Golo do FC Porto
Hulk depois de uma bonita jogada de entendimento com Fucile, cruza para a área onde Falcao aparece a fazer o golo.

Duas notas finais.
A primeira para dizer que foi uma enorme alegria ver o jogo ao vivo, especialmente um jogo com golos e com uma vitória.

A segunda para dar os parabéns à claque do FC Porto. Foram incansáveis durante os 90 minutos, sempre a cantar e a apoiar a equipa. Assim dá gosto ver uma claque. Continuo a não gostar dos cânticos que fazem alusão aos "lampiões" mas felizmente que eles aconteceram poucas vezes durante o jogo. Bonito ver que os bons jogadores são lembrados e o cântico ao Jorge Costa foi uma cereja no topo do bolo.
Estava sentado junto a muitos adeptos do Olhanense e vi e ouvi o seu desespero pelo excelente trabalho da claque do FC Porto. Expressões do género "Porra que eles não se calam" e "Mas estes gajos não se cansam" enchiam-me de orgulho.

«Era importante encerrar este ciclo, depois de Chelsea, Sp. Braga, Sporting e At. Madrid, com a mesma atitude, rigor, concentração e ambição de sempre, porque às vezes, depois de compromissos europeus contra adversários mais poderosos, tropeça-se no jogo seguinte por falta de carácter»
«Foi uma vitória justa e podia ter sido mais volumosa. O F.C. Porto falhou muitas oportunidades, golos fáceis, mas isso não teria sido justo para a forma como o Olhanense se bateu»
«Na segunda parte, entrámos mal e fomos nós próprios que acabámos, um pouco com mérito do Olhanense, por deixar de discutir o jogo. Tivemos essa quebra, mas, nos minutos finais, podíamos ter feito mais golos»

(Jesualdo Ferreira in MaisFutebol)