sexta-feira, junho 29, 2012

Só para prodigios :-)

Isto é cómico.

Tens de tentar.

É absolutamente verdade.

Acho que há coisas que o cérebro não pode controlar.

QUÃO ESPERTO É O TEU PÉ DIREITO?

Tenta, só leva 2 segundos.

Nem pude acreditar!

Esta informação vem de um cirurgião ortopedista.
Isto irá confundir a tua mente e vai fazer-te tentar outra e outra vez para ver se podes ensinar o teu pé, mas, não podes. Isto está pré-programado no teu cérebro!

1.Sentado numa cadeira em frente ao computador, ergue o pé direito do chão e gira-o em circulos no sentido dos ponteiros do relógio.

2. Agora, enquanto fazes esse movimento, desenha o número "6" no ar com mão direita.

O teu pé mudou de direção!!!!!!!

Eu avisei!

E não há nada que possas fazer sobre isso!

Tu e eu sabemos como isto é louco, mas antes que o dia acabe irás tentar outra vez, se ainda não o fizeste.

quinta-feira, junho 28, 2012

Babysitter



Já requisitei os serviços desta babysitter para este fim de semana :)

Se quiserem posso dar-vos o número LOL

Como a lua :-)



Pergunta a professora:
- Que género de mulher gostarias para ti, João?

- Eu gostaria de uma que fosse como a lua.

- Uau!! Que escolha!! Tu queres uma mulher que seja bonita e calma como a lua?

- Não professora, eu quero uma que chegue pela noite e que desapareça pela manhã ...

Portugal - Espanha, 0-0 (2-4)


E pronto. Ao quinto jogo a selecção perdeu e vem para casa.

O que dizer do jogo? Que durante os 90 minutos fomos superiores á Espanha. Que durante o prolongamento fomos inferiores à Espanha. Que nos penalties mais do que falhar, faltou-nos um pouco da sorte que protege os campeões.

E assim, com meia dúzia de palavras, resume-se a prestação da equipa de todos nós neste jogo.

Uma equipa muito compacta e unida, jogou durante 90 minutos, colocando em campo todo o seu empenhamento, toda a sua garra, toda a sua vontade, e foi muito superior à Espanha. Mesmo não tendo tanta posse de bola, mesmo não fazendo um remate perigoso à baliza de Casillas (acho que não fez uma defesa), Portugal foi muito superior à Espanha e ficava na boca um sabor a "pouco".

Depois veio o prolongamento e apesar de ter ainda substituições por fazer (o que se passou na cabeça do Paulo Bento para tardar em mudar a equipa) e por consequência dever (é diferente de ser) estar mais fresca foi precisamente o contrário que aconteceu. A Espanha subiu, atacou mais e só não marcou porque Rui Patricio cumpria a sua obrigação.
Nesta altura toda a gente pedia o desempate para as grandes penalidades.

E elas vieram. E com elas a sorte. E nestas coisas a sorte protege ... quem tem de proteger.

Se tivesse oportunidade fazia duas perguntas a Paulo Bento.
1- Porque tardou tanto em fazer as substituições?
2- Porque muda sempre o mesmo e da mesma maneira?

Eu estava a ver o jogo e acertei em todas as substituições feitas pelo Paulo Bento. Ora se eu, que não percebo nada de bola, consegui perceber quem ia sair ao ver quem ia entrar, não é lógico pressumir que o adversário também ia saber e fazer logo os ajustes necessários, se é que os teve de fazer?

Sempre ouvi dizer que a sorte protege os audazes. Ora substituir posição por posição, sem acrescentar nada não é ser audaz. Depois de ter encostado a Espanha às cordas ser um pouco mais audaz era o que se pediu. Paciência, agora é tarde.

Sobre o Ronaldo? Ser jogador de equipa torna-o melhor (tal como é no Real Madrid) e conseguiu-o nos últimos 3 jogos. Por isso foi melhor.
Mas os melhores do mundo assumem a equipa. Não o fazem para os outros verem, fazem-no para a equipa se e quando ela pedir.
Falhar o golo (nem acerta na baliza) naquela altura já tinha sido mau. Não assumir uma grande penalidade antes da última foi péssimo.

Nani foi mais capitão do que Ronaldo. O Bruno Alves não estava com o "feeling" e ele tomou o seu lugar. Ronaldo tinha a obrigação de fazer o mesmo. Os melhores do mundo definem-se nos pequenos pormenores, nas pequenas atitudes.

Tomem como exemplo Pilro. A Itália tem sobrevivido à conta dele. Tem jogado que se farta, é caso para dizer que não sabe jogar mal. Quando chegou a altura de mostrar como é assumir, foi e marcou um penalti "à Panenka". Toda a equipa creceu outra vez e a Itália, depois de vergar, partiu a Inglaterra. Apenas exemplos ...

E pronto. Assim acaba a prestação da equipa das Quinas neste Euro 2012.
Agora que vença aquele que eu sempre disse que ia vencer.

quarta-feira, junho 27, 2012

Malditos cereais :)


Era um casal de velhos, com 85 anos cada um, casados há 60 anos.

Não eram milionários, mas viviam bem com o que haviam economizado.

Apesar da idade tinham boa saúde e isto graças a ela que insistia sempre que comessem de forma saudável. E além de tudo exercitavam-se.

Contudo, um dia, apesar da vida saudável não se salvaram. Na volta das férias, o avião onde viajavam cai.

Subiram directamente para o céu. Chegaram ao paraíso onde são recebidos por S. Pedro.

Ele leva-os para uma casa luxuosissíma com móveis belíssimos, cozinha equipada com tudo o que há de mais moderno e uma camareira à dispossição.
Estavam estupefactos.

São Pedro disse-lhes:
- Benvindos ao Paraíso. Agora esta é a vossa casa.

O velho perguntou ao S. Pedro quanto tudo aquilo custava.

- Nada - responde S. Pedro - vocês viveram como Deus ordenou e esta é a vossa recompensa.

O velho olha pela janela e vê um campo de golfe de primeira classe, como nunca tinha visto na terra.
- Quanto custa jogar neste clube? - pergunta a S. Pedro.

- Estamos no paraíso, é gratuito todos os dias.

Foram então ao restaurante do clube. Viram uma mesa coberta com cada um dos bens de Deus: frutos do mar, carne, sobremessas exóticas, bebidas de todos os tipos.

- Não me pergunte - disse S. Pedro - é tudo gratuito.

O velho olha para tudo um pouco nervoso, depois olha para a mulher e enfim pergunta a S. Pedro:
- Onde estão os dietéticos, sem gordura e sem colesterol? E o café descafeínado?

- Aqui vocês podem comer de tudo que quiserem, sem engordar e sem se preocupar com doenças. Vocês estão no paraíso.

- Você está a dizer-me que não é necessário fazer caminhadas?

- Só se desejarem - responde S. Pedro.

- Não sou obrigado a comer sem açucar e sem sal? Posso beber cerveja?

- Claro - responde S. Pedro - aqui você pode comer e beber tudo o que desejar e lhe der prazer.

O velho olha fixamente para a sua mulher e diz:
- Sem você e os seus cereais de merda podia estar aqui há mais de 10 anos.

terça-feira, junho 26, 2012

Fantástico :)

No e-mail que recebi vinha a indicação de que isto tinha realmente passado numa rádio no Porto.

Quer tenha passado, quer não tenha passado (não é muito importante) isto está absulutamente fantástico :-)

Locutor: - Quem ligar agora e fizer uma frase com uma palavra que não exista no dicionário ganha duas entradas para o cinema. Estooou! Quem fala?
Ouvinte: - Sérgio, de Gaia.
Locutor: - Olá Sérgio... Já conhece a brincadeira? Qual a sua palavra?
Ouvinte: - Ah! A palavra é vaita!
Locutor: - Vaita? Como se escreve?
Ouvinte: - V - A - I - T - A.
Locutor: - Espere um pouco... Deixe-me consultar o dicionário... É realmente esta palavra não existe. Agora faça uma frase com essa palavra, e se a frase fizer sentido e descobrirmos o que significa a palavra, o Sr. ganha!
Ouvinte: - Ok, lá vai.... VAITA foder !

E nesse momento desliga a ligação.......

Locutor: - Que é isto?.... Vamos colaborar... Afinal existem crianças a ouvir... Vamos tentar outra ligação. Estou?! Quem fala??
Ouvinte: - Ramalho, de Avintes!
Locutor: - Olá Ramalho... já conhece a brincadeira? Qual é a sua palavra?
Ouvinte: - Eude!
Locutor: - Eude ? Como se escreve ?
Ouvinte: - E - U - D - E.

O Locutor pede ao ouvinte para esperar...

Locutor: - Deixe-me consultar o dicionário... Deixe-me ver.... Deixe-me ver....Eudesma... eudesmol...eudésmia...eudiapneustia....eudiapnêustico... É! Realmente esta palavra não existe. Agora faça uma frase com essa palavra e se a frase fizer sentido e descobrirmos o que significa, ganha o prémio!
Ouvinte: -Ok, lá vai.... Sou EUDE novo e VAITA foder !

domingo, junho 24, 2012

sábado, junho 23, 2012

Twilight - Amanhecer parte 2



Ainda falta uns meses para o lançamento da parte final da saga Twilight mas a vontade de ver é já enorme.

Por aquilo que se pode ver neste trailer esta parte final promete ser excelente.

sexta-feira, junho 22, 2012

Portugal - Rep. Checa, 1-0


Enganado? Sim, e tenho gosto de me continuar a enganar.

Esta equipa, porque agora se trata de uma equipa e não de um conjunto de jogadores, está a ter o mérito de jogar bom futebol (a partir do minuto 20 de cada jogo) e de me surpreender a cada jogo que faz.

Dá gosto ver como a equipa coloca garra em campo e de como, em conjunto, dribla as adversidades e teima em mostrar à Europa que aquele primeiro jogo foi apenas um engano.

Ontem vi uma equipa que não procurava um jogador no campo para resolver, mas ao invés disso, procurava o jogador que estava melhor posicionado. Isto faz a diferença.

Todos teimam em dar o mérito a um jogador. Eu teimo em dizer que o mérito é de todos, dele e dos outros. Teimo em dizer que se os outros não têm tomado noção do seu valor a equipa não era nada.
Dá-me gosto ver uma defesa sólida. Um meio campo de encher o campo todo.

Antes do golo do Ronaldo vi um passe do Nani a inventar a entrada do Moutinho e um arranque do médio a rasgar e um cruzamento para o sitio correcto. Depois sim, a entrada do Ronaldo de rompante a fazer aquilo que os pontas de lança muitas vezes não conseguem fazer. Mérito? Sim, de muitos jogadores antes de chegar aquele a quem todos dão mérito.

Eu sou assim. E assim vou continuar.

segunda-feira, junho 18, 2012

Portugal - Holanda, 2-1


Mais uma vez digo ... como gosto de estar enganado.

A equipa de todos nós voltou a mostrar um jogo a roçar a perfeição. Só não foi perfeito porque entrámos a sofrer e só depois do golo é que acordámos e mostrámos que realmente sabemos jogar e que temos futebol para dar e vender.

Aos poucos a selecção vai mostrando que tem futebol para discutir com qualquer equipa a vitória. Não digo que tem futebol para ser campeã da europa porque isso ainda é demasiado cedo. O meu optimismo ainda não vai assim tão longe.

Vamos lá então ao Ronaldo. Então não é que o moço fez um grande jogo!!!
Se vou retirar todas as criticas que lhe fiz anteriormente? É claro que não. Um jogo não o faz ser o herói da selecção, fá-lo ser apenas o herói do jogo, tal como tinham sido outros em jogos anteriores.

Jogou bem, jogou para a equipa. Fez passes, fez golos, e isso fez a selecção jogar melhor. Antes deste jogo não era o pior do mundo, depois deste jogo não é o melhor do mundo. Ninguém passa de besta a bestial em 90 minutos ou vice-versa.
A diferença deste jogo para outros? É simples, correu, sofreu, fez jogar, e foi jogador de equipa.

Será que tudo isto foi porque o filho fez dois anos??? Espero que não, até porque a criança não faz outra vez anos na quinta-feira.

Ouvi ontem que os jogadores não quiseram falar com a comunicação social porque estavam descontentes com as criticas. Ouvi na rádio e ainda não li nada sobre o assunto. Deixo aqui um comentário, e apenas um, sobre esta situação. Ó meus mimados, deixem-se de merdas, todos estão sujeitos a criticas quando as coisas correm menos mal, e quanto mais depressa aceitarem este facto mais depressa são melhores, como pessoas e como jogadores. Havia de ser bonito não podermos fazer criticas. Enfim .... atitudes mimadas que devem ser condenadas.

Voltando ao jogo. Ganhámos e não foi necessário fazer contas. Ainda bem.

Na próxima quinta jogamos frente à Rep. Checa, que entrou no Euro a ser goleada pela Russia e que acabou a fase de grupos em primeiro lugar.

Se temos equipa para ganhar? Talvez. Se não ficarmos demasiado babados com as últimas exibições e dermos uma de vedetas.
As últimas exibições mostraram que uma equipa com garra, com crer, unida, é mais equipa e consegue dobrar o cabo da boa esperança. Vamos lá ver quem sobe em campo na quinta.

sexta-feira, junho 15, 2012

Exato Momento



Que bela surpresa a Rádio Comercial me proporcionou mesmo agora.

Esta música é linda.

E após fazer a pesquisa no You Tube ainda descobri que era cantada pelo Tim.

Fantástico momento para dar inicio ao fim de semana :)

Eureca!!!!!!

Quando Deus fez o mundo, para que os homens prosperassem decidiu dar-lhes apenas duas virtudes.

Assim:
- Aos Suíços fê-los estudiosos e respeitadores da lei.

- Aos Ingleses, organizados e pontuais.

- Aos Argentinos, chatos e arrogantes.

- Aos Japoneses, trabalhadores e disciplinados.

- Aos Italianos, alegres e românticos.

- Aos Franceses, cultos e finos.

- Aos Portugueses, inteligentes, honestos e políticos.

O anjo anotou, mas logo em seguida, cheio de humildade e de medo, indagou:
- Senhor, a todos os povos do mundo foram dadas duas virtudes, porém, aos portugueses foram dadas três! Isto não os fará soberbos em relação aos demais povos da terra?

- Muito bem observado, bom anjo! - exclamou o Senhor - Isto é verdade!
Façamos então uma correção! De agora em diante, os portugueses, povo do meu coração, manterão estas três virtudes, mas nenhum deles poderá utilizar mais de duas simultaneamente, como os demais povos!

- Assim, o que for político e honesto, não pode ser inteligente.
- O que for político e inteligente , não pode ser honesto.
- E o que for inteligente e honesto, não pode ser político.!!!!!!

Palavras do Senhor !!!.

Previsão do Tempo ... infalível



Quando vamos de férias o tempo é sempre uma preocupação. Vai estar bom? Vai chover? Etc, etc.

Como sabem o vosso bem estar é uma preocupação deste cantinho (como são apenas 2 leitores é fácil assegurar o vosso bem estar) e para isso arranjei este sistema de previsão de tempo, que pode ser replicado junto das vossas casas, ficando assim sempre informados, ao segundo, do estado do tempo.

Se necessitarem de mais explicações acerca deste sistema não hesitem em contactar.

Yannick Djaló não está mais com Luciana Abreu



Fantástico :))))

quinta-feira, junho 14, 2012

Password


Já todos tivemos de escolher uma password, seja ela para um site importante ou apenas para um qualquer registo on-line.

Todos sabemos, ou deviamos saber, que a password deve ser algo dificil de descobrir, independentemente da importância que ele esteja a proteger.

Esta cantinho, sempre preocupado com os seus dois leitores, lança aqui em primeira mão (não acreditem porque isto foi retirado da net) uma lista de passwords que não devem ser utilizadas. a menos que queiram que as decubram.

 
  1. password
  2. 123456
  3. 12345678
  4. 1234
  5. qwerty
  6. 12345
  7. dragon
  8. pussy
  9. baseball
  10. football
  11. letmein
  12. monkey
  13. 696969
  14. abc123
  15. mustang
  16. michael
  17. shadow
  18. master
  19. jennifer
  20. 111111
  21. 2000
  22. jordan
  23. superman
  24. harley
  25. 1234567

Como fazer contas????


Chamaram por mim? Vou já apanhar o avião e chego daqui a pouco.

Temos um gosto secreto pelas contas. Mesmo sem necessitar fazemos todo o género de contas, associados a todo o género de cenários.
Se na politica os cenários são para ver quem consegue roubar mais ao contribuinte de forma legal, no futebol os cenários são para ver se passamos à próxima fase e como passamos.

Hoje, ainda com um jogo por realizar, já se fazem contas, e este cantinho vai enviar para a Ucrânia a sua calculadora de serviço para ajudar.

A lição vai estudada. As contas fazem-se assim:
a) Maior número de pontos obtidos nos jogos disputados entre as equipas em questão
b) Maior diferença de golos nos jogos disputados entre as equipas em questão
c) Maior número de golos marcados nos jogos disputados entre as equipas em questão
d) Se, depois de aplicados os critérios a) a c), duas equipas ainda se mantiverem em igualdade, os critérios a) a c) são reaplicados exclusivamente aos jogos entre as duas equipas em questão para determinar a classificação final das duas equipas. Se este procedimento não levar a uma decisão, os critérios e) a i) são aplicados pela seguinte ordem;
e) maior diferença de golos em todos os jogos da fase de grupos;
f) maior número de golos marcados em todos os jogos da fase de grupos;
g) posição no ranking de selecções da UEFA (ver anexo I, parágrafo 1.2.2);
h) conduta "fair play" das equipas (fase final);
i) sorteio"

Se mesmo depois desta explicação ainda não conseguirem fazer as contas não desesperem. Esperem por domingo, mais ou menos por volta das 22h, e alguém vai dizer o resultado das contas. Depois é fácil, basta copiar.

quarta-feira, junho 13, 2012

Portugal - Dinamarca, 3-2



Como eu gosto de estar enganado.

Afinal a seleção de todos nós sabe jogar à bola. A equipa hoje jogou. Jogou olhos nos olhos. E quando assim é tudo fica mais fácil. Jogou a equipa e mais uma vez não jogou Ronaldo (já lá vamos).

Um começo tremido fazia antever o pior. A partir do minuto 15, mais coisa menos coisa, veio ao de cima aquilo que de melhor podia vir, o conjunto, a união, a garra e a raça lusitana. Tudo ficou logo diferente.

Os dois golos em 10 minutos lançavam a equipa lusa para outros voos. Mas, ironia ou não, a nossa equipa tem medo das alturas. Não sabe ou não quer subir. Não quer estar no topo da europa. É a sofrer que a equipa se sente bem.

Uma falha defensiva (os defeas onde andavam) deu o primeiro golo dinamarquês, e depois na segunda parte, um Coentrão muito sozinho não consegue suster o cruzamento que encontra Bendter, sempre ele, para marcar o golo do empate.

Se no jogo da Alemanha Varela falha o empate, hoje o mesmo Varela (à semelhança de Pepe) não falha e coloca o resultado como devia estar, justo.

Jogo à parte. Mas que merda faz Ronaldo em campo.
Primeiro quero declarar o óbvio. O gosto que tenho por ele é relativo. O homem é bom jogador, mas nunca me conseguiu convencer quando veste as cores de Portugal.
Se pudesse colocava uma pergunta ao Paulo Bento. O homem tem algum contrato que o impede de ser substituido? O Ronaldo é o dono da bola e tal como quando era miúdo o dono da bola tem de jogar sempre se não ele levava a bola para casa e ninguém jogava?

Não esteve bem a atacar. Não esteve bem a defender. E quando um jogador não está bem só tem um destino. O banco. Não tenham medo, de bancos percebe ele, afinal de contas é a cara do BES.
Primeiro defensivamente. Nunca soube ajudar o Coentrão, prejudicando o seu colega e a equipa que sofreu que se fartou nos ataques por aquele lado.
A atacar não conseguiu e isolado, por duas vezes, fazer aquilo que tão bem sabe fazer (pelo menos no Real Madrid), ou seja, golos.

E depois, em vez de chutar para fora os comentários acerca do Messi, como tão bem sabe fazer com a bola, desmarcando-se do problema, ainda vem dizer que o argentino no ano passado estava na Copa America a ser eliminado e a não jogar nada.  Dá vontade de dizer: ó miudo deixa-te de merdas e joga, corre, sofre, sê como os teus colegas que realmente vestem a camisola e não andam a abanar os braços de cada vez que não lhe passam a bola.

Voltando ao jogo.
Está na altura de fazermos aquilo que tão bem sabemos fazer. Agarrar na calculadora e começar a fazer contas.
Se acontecer isto dá naquilo, se acontecer aquilo dá nisto, se acontecer cozido dá assado, se acontecer frito dá guisado. Enfim o costume.
Domingo falamos. E espero continuar a enganar-me.

Pendulo



Fantástico :-)

Hoje à jogo

A noticia do dia, o assunto que todos falam em todos os cantos, no corredor do escritório, nas mesas de café, é noticia de abertura de telejornais e é capa de jornais, é o jogo entre Portugal e a Dinamarca.

Após a derrota frente à Alemanha não se pode aceitar outro resultado que não seja uma vitória. Uma derrota deita por terra o sonho Euro 2012, e um empate deixa a luz ao fundo do túnel tão pequenina como as finanças dos portugueses.

A minha esperança é a vitória. Mas a minha convição é que não há esperança para a equipa de todos nós. Parece um contracenso mas é mesmo assim. Desejo que Portugal ganhe, mas não tenho certeza de que os desejos dos portugueses seja suficiente para fazer a bola entrar dentro da baliza.

Não há muitas coisas onde tenho esperança de estar enganado, mas esta é uma delas.

21 Jump Street



A relembrar a série dos saudosos anos 80 onde o Johnny Deep fez uma das suas primeiras aparições na televisão, se não mesmo a primeira.

O filme está divertido q.b. e a ponte para a série foi realmente feita.

terça-feira, junho 12, 2012

A Sombra do Vento


"Os livros são como espelhos, nele só se vê o que possuimos dentro."

Há livros que nos surpreendem. Este foi um desses casos.

A meio da história estava a ficar tão entediado que estive quase para largar o livro. Apenas a minha teimosia de "mais umas páginas" me permitiram ter o prazer de ler todo este livro.

Como descrever o livro? Um livro dentro de um livro.
É mais do que uma história dentro de outra história.

A surpresa da volta que a história dá, o encaixe perfeito da história do livro na história é uma obra prima.

Apesar de não ser o meu tipo de leitura de eleição, o autor ganhou aqui um fã e é provável que ainda volte a pegar numa outra obra dele.

Vale a pena ler.

O joãozinho ... :)

O professor coloca quatro lombrigas em quatro tubos de ensaio separados:

1. A primeira lombriga em álcool;
2. A segunda lombriga em fumo de cigarro;
3. A terceira em esperma;
4. A quarta em água mineral.

No dia seguinte o professor mostra aos alunos o resultado:
1. A primeira lombriga, em álcool, está morta;
2. A segunda, no fumo do cigarro, está morta;
3. A terceira, em esperma, está morta;
4. A quarta, em água mineral, é a única viva e saudável.

O professor comenta que é bastante nítido o que é prejudicial, e pergunta à classe:
" - O que podemos aprender desta experiência?"

E, de pronto, responde o Joãozinho:
- Quem bebe, fuma e faz sexo não tem lombrigas...

domingo, junho 10, 2012

Alemanha - Portugal, 1-0


Após a última exibição da selecção de todos nós no jogo frente à Turquia, o país ficou em dúvida. Eu fiquei em dúvida.

Para o primeiro jogo do europeu tinha-nos calhado em sorte a Alemanha. Um osso duro de roer.

Haverá melhor forma de dissipar as dúvidas de um país inteiro do que uma grande exibição? Eu adianto já a resposta. Não.
Mais do que um bom resultado uma excelente exibição faria de certeza o público fazer as pazes com a selecção que tanto adora. Sim, porque todo o português adora a sua selecção.

Mas, e haverá sempre um mas, a selecção de todos nós, a selecção que tanto adoramos não conseguiu, em campo, mostrar aquilo que tenta "vender".
Entraram em campo com medo, e com medo estiveram até à altura em que sofreram o golo, onde depois tentaram remediar o que já estava feito.

Ter respeito pelo adversário é bom e recomenda-se, mas ter medo é para os fracos. Uma selecção que quer ganhar o europeu (tal como apregoam) não pode ter medo de ninguém e é obrigada a derrotar todos.

Podemos sempre falar da bola do Pepe no ferro, ou da falha do Varela nos minutos finais, ou de como os defesas portugueses "abafaram" Gomez durante a maior parte do encontro, ou de mais meia dúzia de situações onde estivemos por cima, mas será apenas isso, uma meia dúzia de "ses" ... e isso não dá para ganhar.

Em 2004 também entramos a perder e frente à equipa que acabou por ser campeã da europa. Ontem disse o mesmo, que tinhamos perdido contra a selecção que vai ser campeã da europa. Espero que possamos estar na final, contra a Alemanha, e que este meu prognóstico falhe.
Mas em 2004 a moral era outra, o espirito era outro. Será apenas culpa das bandeiras nas janelas? Se a equipa não mostrar em campo mais vontade não há bandeira que lhe valha.