terça-feira, março 16, 2010

Esconder o que se faz

«Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, escreveu uma carta a Joaquim Oliveira, presidente do conselho de administração da Sportinvest, accionista maioritário da SportTV, a dar conta da sua insatisfação em relação à cobertura daquele canal desportivo aos jogos do clube da Luz. (...) o jogo que motivou este protesto foi o jogo com o Nacional para a Taça da Liga. Em causa está um golo anulado ao Nacional por alegado fora-de-jogo. Vieira não defende a ilegalidade do lance, mas sim o ângulo e o momento escolhidos para a colocação da linha virtual.»

(in MaisFutebol)

Curiosa esta atitude do presidente do benfica logo no jogo em que é marcado uma grande penalidade a favor dos encarnados por falta que não existe, um lance que só não define o resultado porque o avançado encarnado não consegue converter o castigo máximo.
Mais curioso é o facto dos comentadores nesse jogo terem todos dito que existe falta, apesar de ninguém ter conseguido ver que falta foi. A imprensa desportiva escrita tem toda a mesma opinião, não existe falta.

Sobre este facto não vejo na noticia do MaisFutebol nenhuma referência do presidente do clube do regime.

Mas não tenham ilusões. O motivo desta queixa não é nada mais do que uma tentativa de "fazer as coisas pelo outro lado", situação que já é caracteristica de LFV.

O benfica tem um contrato com o canal desportivo para a transmissão dos jogos. A SportTv tem uma clásula de direito de opção sobre eventuais contratos que o clube do regime tenha, bastando para isso igualar a oferta feita.
Sabendo que o desejo do clube é colocar os seus jogos no seu canal esta carta serve mais como motivo para abrir hostilidades com o canal com o fim de não renovação do contrato.

Quando era vantajoso para o clube do regime disponibilizar as imagens sobre os famosos casos do túnel já a SportTv, ou outra televisão qualquer, não eram facciosas.


Tal como disse, a isto chama-se "fazer as coisas pelo outro lado".

3 comentários:

low desert puke disse...

Posso subir e fumar desse berlaite também?

Joseph Lemos disse...

"abrir hostilidades com o canal com o fim de não renovação do contrato."

Tremenda parvoíce!

O Benfica negociará com o Oliveira se quiser não obstante a opção. Para pô-lo fora de combate bastará LFV pedir um valor "proíbido" e ficar com as transmissões na Benfica TV.

Nem precisa ser-se muito inteligente para entender.

low desert puke disse...

O amigo Marco Ferreira podia era ter contado a història na sua totalidade.

Por exemplo, essa carta nao fala apenas do jogo com o Nacional, fala também de outros jogos e com as situaçoes a que o LFV faz alusao, especificamente bem explicadas.

O Sr. Marco Ferreira, no entanto, descasca a fruta como quer e assim faz deste post aquilo que ele quer que seja.

Na linha com o que tem vincado nas ultimas semanas...Education for all, também aqui, meu amigo. E menos contradiçoes da sua parte. Assim, caiu-lhe a màscara. O que iria acontecer mais cedo ou mais tarde, ao exemplo dos podres do seu clube e das gentes que o gere.