sábado, setembro 11, 2010

FC Porto - Braga, 3-2

«Há uma teoria interessante defendida no mundo da psicologia. Dizem os entendidos que os pacientes mais felizes são aqueles que acreditam piamente que o são. Parece simples e pode muito bem ser aplicado a esta equipa do F.C. Porto. A redoma de felicidade que envolve os dragões é a principal arma do séquito de Villas-Boas. É também este estado de euforia a principal explicação para o triunfo por 3-2 diante de um Sp. Braga pintado de candidato ao título da cabeça aos pés.»
(in MaisFutebol)

Sem qualquer tipo de contestação, sem qualquer tipo de situação dúbia, com muito mérito e com muita qualidade. É assim que se deve resumir esta vitória do FC Porto.

A equipa soube sofrer, soube dar a volta, soube voltar a sofrer e soube acima de tudo ganhar. No fundo é aquilo que sabemos fazer. Ganhar.

A alegria da vitória e o entorpecimento do alcool não me deixam escrever mais. Ganhamos com mérito, Estamos na frente com mérito. O resto são apenas bocas da assistência.

«Em quatro jogos perdemos duas vezes por culpa da arbitragem. E amanhã já sabemos quem vai ganhar e ficar a rir-se.»
(LFV in MaisFutebol)

Sim sabemos quem vai ganhar e ficar a rir. Somos nós, os adeptos do FC Porto quem está a rir. Mas ganhámos sem qualquer tipo de ajuda e com todo o mérito. Podes voltar a chorar e a lamentar os erros dos árbitros, mas isso não justifica tudo o que de mal vai no teu reino. LOL

1 comentário:

low desert puke disse...

"sem qualquer tipo de situação dúbia"

Penalty e porventura 3-3 para o braga.

és tao inteligente que é quase desconsolante ver como tentas enganar-te a ti pròprio.