sexta-feira, maio 28, 2010

Divagar ao sol ...

Entre o trabalho normal, o trabalho adicional e a preparação das férias, o tempo para este cantinho que tanto gosto fica escasso. Agora, aqui "perdido" em Alcoutim, enquanto aguardo a chegada dos auditores vou adiantar um texto para uma publicação que nem sei quando vai acontecer.

No rádio vinha a ouvir a indicação de que Jesualdo Ferreira já não é treinador do FC Porto. Pinto da Costa voltou das suas férias no Brasil e a primeira medida foi arrumar a casa. Entende-se e aceita-se esta tomada de posição. Outra coisa não seria de esperar.

Apesar de achar que nem todos os erros desta desastrosa época se deveram ao treinador, é sempre ele o elo mais fraco e, não se podendo demitir uma equipa inteira, ao contrário do capitão do navio é o primeiro a abandonar o barco.

Jesualdo Ferreira teve, tal como Paulo Bento, um erro ... ficou demasiado tempo no "banco". José Mourinho tem um pouco essa capacidade. A de sair quando está por cima, quando está em alta, e não alongar o sucesso até que chegue o insucesso.

Jesualdo foi vitima de um negócio que não aconteceu. Tivesse Pinto da Costa no final da época passada conseguido contratar o treinador que desejava (e ele desejava alguém) e Jesualdo não era neste momento um “problema”. Jesualdo não percebeu isso, não quis perceber, ou percebeu e aceitou o risco

Por falar em Paulo Bento. Parece que afinal já não se fala do seu nome para orientar a equipa do FC Porto. Agora fala-se de Villas Boas e de um treinador brasileiro que agora não me lembro o nome. E eu que pensava que era o treinador “tranquilidade” que vinha para o FC Porto. Pensava e até acho que ele poderia fazer um bom trabalho. No Sporting esteve sempre na sombra da gestão financeira fazendo omeletas sem ovos. Num clube com a cultura vencedora que tem o FC Porto, em que as condições de trabalho são excelente, Paulo Bento tinha as condições ideiais para deixar de ser o eterno segundo classificado e passar a ser o primeiro. Venha quem vier só espero que faça um bom trabalho

Então e o Quim. Depois da sua não chamada á selecção muitas foram as vozes que se levantaram indignadas com esse facto. Quando em 2004 não se convocou o guarda-redes campeão da Europa todos acharam normal e um direito do treinador. É claro que na altura estava a falar-se de Vitor Baia, guarda-redes do FC Porto. E que estava em litigio com a FPF devido ao Mundial de 2002

A parte cómica desta situação é que nem o Benfica o quer. Bem quer e não quer. O treinador diz que não o presidente diz “nim”.

Para todos os indignados em pergunto. Se não serve para o clube porque raio havia de servir para a equipa de todos nós? Fica a pergunta.
Continuando no Benfica e na selecção. Mas que raio de pancada é essa com o Fábio Coentrão. É pá o jogador está em formação, fez-se homem através do Jesus, mas dai até ser um dos melhores da selecção vão ainda alguns passos

Coentrão está a ser alvo da comunicação social. É Coentrão para aqui, Coentrão para ali, Coentrão nesta posição, Coentrão neste clube, Coentrão naquele clube, a filha do Coentrão, a mulher do Coentrão, etc, etc. Isto já chegou ao cúmulo de o colocarem no Real Madrid

O rapaz é novinho e isto para ele é uma novidade. Espero que haja alguém que o chame à razão porque senão ele pensa que já está no topo do mundo, dá um passo em frente e … cai.

Nota: Texto criado dia 27-05-2010. Entretanto chegaram os auditores e o texto ficou assim. A publicação está a acontecer hoje, dia 28-05-2010.

1 comentário:

low desert puke disse...

Vamos por partes.

Vivi tres anos na zona de Alcoutim e tenho as melhores recordaçoes desses sitios. Odeleite (onde vivi), Castro Marim (onde o meu avo trabalhava), Soudes, etc...Espero ter uma semana para passar nessa parte do paìs em Agosto.

O Jesualdo esteve tempo demais no porto, mas o porto sempre foi um clube que muitas vezes nao dependeu do treinador A ou B para ganhar titulos. No youtube estao algumas teorias explicativas. Além disso, pensei que o insucesso deste ano fosse devido aos tuneis, ao Mossorò, ao Vandinho, aos dois dedos na Cara do Micael...

Mas eu, se fosse um portista como tu, nao quereria o Paulo Bento a treinador. Ele fez omeletes sem ovos? Entao quantos campeonatos ganhou? Foi sempre vice, pois foi, mas porque o pròprio Benfica teimava em dar tiros no pé. O que quero dizer é que à parte a época em que o sporting ficou a um ponto apenas do porto, tudo aquilo que Bento conseguiu foi mais por demérito do Benfica (aliado à inexistencia de equipas como o braga deste ano), do que por mérito do pròprio.

O Quim na selecçao sim, nao a titular, nunca mesmo. Eu sou benfiquista e nao tenho problemas em dize-lo, mas a ida de um GR invisivel e que joga no Chipre ou o raio faz menos sentido ainda. O mesmo vai para Rui Patricio.

Vitor Baia nao foi chamado por Scolari porque pinto da costa fez questao de arranjar confusao com Scolari durante todo o tempo que este viveu como seleccionador de Portugal. A situaçao nao poderia ter acabado de outra forma. E nao devias dizer que "a malta achou normal" na altura, porque durante meses nao se falou de outra coisa. Em que também muitos sportinguistas e benfiquistas defendiam que era impossivel o GR campeao europeu nao ser chamado à selecçao...ao que a coisa se concluia sempre com o mesmo argumento..."pois, mas se o pinto da costa nao mandasse tantas bocas ao Scolari o gajo de certeza que ia". Nao preciso de lembrar-te das campanhas contra Scolari "organizadas" pelo jornal O Jogo, pois nao? E adivinha quem é que estava por tràs a dar indicaçoes sobre isso?

Sao portanto situaçoes completamente diferentes. Nao queiras mais uma vez, confundir o meu clube com o teu.

Coentrao? é um gajo que està na moda porque os jornais assim o querem. Nao ligues que nòs também nao.