segunda-feira, agosto 17, 2009

Paços Ferreira - FC Porto, 1-1

Ao 12º jogo o FC Porto perde a sua invencibilidade.

Nem vou fazer muitos comentários sobre o jogo porque devido a "birras" familiares não tive a oportunidade de ver o jogo com muita atenção. Foram mais as vezes que nem atenção tive para o jogo do que o contrário. Ele há dias assim, só espero que não se repitam muitas vezes.

Por aquilo que fui vendo, a equipa ainda não se encontra na sua melhor condição e foram muitas as dificuldades para superar o Paços de Ferreira que se apresentou neste terceiro encontro com a lição muito bem estudada. Depois de duas derrotas pode-se dizer que à terceira foi de vez.

Não se comprometeu nada porque o campeonato ainda está a começar, os adversários na sua maioria também empataram e esta jornada inaugural deixa quase tudo igual.

Na minha ignorância futebolistica pergunto o que é que o Mariano faz durante 90 minutos em campo? Porque se aposta em Farias e não em Falcao? Porque fica o Varela no banco?
Sei que não temos o conhecimento da equipa como o treinador, que vê a evolução dos jogadores durante toda a semana, mas há coisas que estão bem à frente dos nossos olhos e que é impossível negar.
Porque raio ainda não foi explicado ao Hulk que ele joga numa equipa, que tem bons jogadores, e que não joga sozinho. Sabemos que ele é bom jogador, que é forte fisicamente, mas ele tem de perceber que por vezes há que saber cair e ganhar a falta e não continuar e fazer falta. Ele tem de perceber que refilar não faz a falta ser a seu favor, e que voltar-se contra os adversários não é bom para ele nem para a equipa. O Hulk de ontem parecia o jogador que chegou ao FC Porto à um ano, possante, bom de bola, mas um zero a nível colectivo. Resultado ... um jogador a menos.

Curiosamente a equipa jogou melhor com precisamente 10 jogadores. Será que isso quer dizer alguma coisa?

Aceito que a equipa ainda está em formatação e que o campeonato é longo, há muito tempo para jogar, muitos pontos se vão ainda perder (espero que nem tantos) mas há coisas que são impossíveis de aceitar.

Foi assim o andamento do marcador:
12' - Golo do Paços de Ferreira
Canto na direita o jogador do Paços cabeçeia e a bola bate nas costas do Fucile e vai para a baliza.

78' - Golo do FC Porto
Fucile cruza na direita e Falcao aparece a saltar mais alto do que os defesas Paçences e estabele a igualdade.

"Foi um encontro de muita luta e contacto, pelo que tivemos dificuldades em colocar em campo os nossos processos de jogo. Não podemos sofrer o golo que sofremos, na bola parada. Fomos bravos mas não fomos lúcidos o suficiente" (Jesualdo Ferreira in Record)

2 comentários:

dragao vila pouca disse...

De entrada jogaram nove jogadores da época passada e portanto, tinham obrigação de jogar melhor. Quando de uma semana para a outra, não se aprende nada e se entra em campo da mesma forma displicente, desconcentrada, a dormir e se dá a iniciativa ao adversário, normalmente dá mau resultado.
Hulk tem de deixar de carregar nas costas a responsabilidade de resolver tudo sozinho e passar a ter outro comportamento, sob pena de prejudicar mais que ajudar, a equipa.
Boa reacção com 10, aí já o Porto de sempre, com caracter e raça, que empatou e se podia ter perdido, também podia ter chegado à vitória.
Tudo somado, um resultado justo e um jogo com muitos motivos para reflexão.

Ah, Farías demonstrou que não é o avançado que uma equipa com as responsabilidades e ambições do F.C.Porto, precisa.

Um abraço

freefun0616 disse...

酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,