segunda-feira, outubro 25, 2010

FC Porto . U. Leiria, 5-1

«Sem espinhas e sem contemplações. O F.C. Porto construiu a maior goleada do campeonato, vencendo um U. Leiria em noite para esquecer no Dragão, por 5-1. Com este resultado gordo, os dragões voltam a fixar a vantagem para o segundo lugar em 7 pontos. E o clássico com o Benfica está aí à porta...»
(in MaisFutebol)

Pressão????? O que é isso afinal de contas?

O FC Porto mostrou esta noite que os lideres raramente sofrem o sindroma da pressão. Isso são para os outros, os que andam por baixo e que não querem perder o comboio.

A maior goleada da Liga foi sinónimo de uma grande exibição, num jogo de encher o olho e de encher de orgulho os adeptos portistas. Assim vale mesmo a pena ver um jogo de futebol.

A equipa respira alegria e mostra-o em campo. 15 jogos oficiais resultam em 14 vitórias e um empate. Não se podia pedir mais para arranque de época.

E o clássico está logo ali, ao virar da esquina.

2 comentários:

low desert puke disse...

Se o Leiria nao tivesse as dividas que tem, talvez o Bartolomeu nao tivesse dado ordens aos seus assalariados de nao incomodarem o homem do capital.

Como é que explicas que o Leiria, sendo a par do porto a unica equipa este ano que ainda nao tinha perdido um jogo, e antes de ontem tinha sofrido somente 4 golos em todo o campeonato e o seu treinador, num laivo de genialidade, decide cancelar toda essa qualidade demonstrada nas jornadas anteriores e decide nao convocar alguns dos titulares mais importantes. Metendo a jogar alguns gajos que este ano nem um minuto oficial teem nas pernas.

E depois era ve-los a desviarem-se das bolas e dos teus jogadores. A primeira falta surge aos 23 minutos, algo nunca visto nem em casados contra solteiros. Ou, em bolas trocadas na linha de meio campo entre hulk e falcao, com um passe que parte para a baliza (a 50 metros de distancia) e nenhum dos 3 ou 4 leirienses que estavam ali na jogada decide correr. Lentamente que fosse. Nao. Ficam a olhar e a ver o falcao ganhar-lhes 10, 15, 30 metros e chutar à baliza.

Com esquemas destes, nao admira que o jovem labrego que se acha treinador tenha jà dito durante a semana que "tem de ser campeao, ou para o ano nao estarà là."

Façam-lhe entao a vontade...

low desert puke disse...

Faço mea culpa. O Leiria este ano jà tinha perdido contra o guimaraes.

Ainda assim, nao retiro uma virgula ao argumento sobre a capacidade da equipa em sofrer poucos golos este ano...até ontem.