sábado, abril 03, 2010

FC Porto - Maritimo, 4-1

Porquê?
Porque é que o FC Porto não conseguiu jogar sempre desta maneira?
E não falo na vitória por resultados expressivos. Falo sim da pressão alta, de iniciar os processos defensivos logo na altura em que o adversário começa a jogar, imediatamente após ganhar a posse de bola.
Era este o FC Porto que nós conheciamos, o FC Porto que é tetra campeão nacional.

É certo que o Maritimo tentou sempre discutir o jogo e não se remeteu apenas à defesa, mas também houve outras equipas que fizeram o mesmo e nessas alturas o FC Porto não conseguia fazer esta pressão, tão caracteristica da equipa e que tão bons resultados dá.

Quando o FC Porto começou a perder, logo aos 20 segundos, pensei o pior. Uma excelente demonstração de carácter levou a equipa a fazer dois golos ainda antes dos 10 minutos de jogo. Quando assim é não há equipa que nos posso ganhar. Volto a dizer. Tivesse o FC Porto demonstrado sempre este carácter e o campeonato não estava assim.

A vitória não sofre contestação e foi uma prenda que a equipa deu aos adeptos nesta semana de Páscoa.

«Não sei se foi o golo mais bonito da minha carreira, talvez tenha sido, mas o mais importante foi ter ajudado a equipa a conseguir a vitória. O F.C. Porto tem feito bons jogos e hoje [sábado] ratificámos os desempenhos. Estamos contentes pelo triunfo e queremos continuar assim até ao final da época.»

(Falcao in MaisFutebol)

«Temos esse objectivo, mas com o que se passou ontem [nesta sexta-feira, entre o Sp. Braga e o V. Guimarães] ficou difícil, porque não dependemos de segundos, terceiros ou quartos. Somos tetracampeões, temos uma Taça de Portugal para jogar e tudo indica que vamos estar na final. No campeonato, faltam cinco jogos e vamos lutar até final. Em relação aos nossos adversários, que haja mais isenção. É preciso ter atenção a que todos os clubes concorrentes têm os mesmos direitos.»

(Jesualdo Ferreira in MaisFutebol)

2 comentários:

low desert puke disse...

Finalmente, um jogo bem ganho.

Sò que nao era o Jesualdo que abandonava flash-interviews a salivar de òdio dizendo que nunca falava de arbitragens?

low desert puke disse...

Ooops!

Parece que o Meireles agrediu um adversàrio até fora das quatro linhas ainda o Maritimo estava na frente do marcador.

Serà que davam quatro com um jogador a menos durante mais de uma hora?

Nem era do porto o àrbitro, pois nao?