sexta-feira, abril 02, 2010

A coisa vai de mal a pior

«Assistimos a uma triste cena. Foi uma arbitragem desastrosa, sem nível, sem critérios, vergonhosa. (...) O Vitória vai protestar o jogo. Vimos um vermelho no ar para o Rodriguez e ele continuou a jogar. É um erro técnico! O nosso capitão não recebeu nenhuma justificação do árbitro.»

(Emídio Macedo, presidente do V. Guimarães in MaisFutebol)

O jogo foi efectivamente muito mal arbitrado. Os erros sucediam-se como as jogadas de perigo nas balizas.

Daqui três coisas vão acontecer. Os vimaranenses vão dizer que foi para prejudicar o Guimarães em prol do Sporting; os benfiquistas para prejudicar o Benfica em prol do Braga, os portistas para prejudicar o FC Porto, ponto final.

Por esta conclusão o único que não se pode efectivamente queixar é o Braga que ainda se mantém na luta pelo titulo e com um pé na Liga dos Campeões.

Uma coisa é certa. As arbitragens em Portugal vão de mal a pior.

1 comentário:

low desert puke disse...

Por essa òptica, o primeiro golo do porto em Belém, ao abrir as portas a um 3-0 carregado pelo Incrìvel, foi para prejudicar o Braga, ponto final.