terça-feira, março 13, 2007

Nascimento de um mito ...


É assim que nascem mitos, crenças. É assim que pessoas juram a pés juntos ter visto isto ou aquilo. É assim que aparecem os fantasmas, os espiritos, e afins.

Estava ontem, depois de mais um dia de trabalho, na minha habitual viagem para casa, por um dos muitos caminhos possiveis, porque não gosto de manter rotinas e de vez em quando mudo a viagem para casa, quando sou apanhado por um rebanho de cabras.
Apanhado não será o tema, porque quem apanhou o rebanho fui eu. Adiante.

Entre o pensamento em fazer inversão de marcha e o de ficar à espera, veio-me à mente este espaço, onde não tenho sido muito assíduo, e o de colocar uma fotografia com o dito rebanho e a sua pastora.
Se bem pensei assim o fiz. Agarrei na máquina e cliquei no botão umas quatro vezes, à medida que ia andando fui carregando.
A pastora olhou para trás umas quantas vezes, tentava fazer o rebanho andar mais depressa e eu de máquina em punho mostrava que não tinha pressa. Ela percebeu e no fim até fez uma posse para a máquina, posse essa que ficou registada.

Agora, quando pensava em colocar o post a relatar o sucessido, abro as fotos e fico espantado com o que vejo. A forma que a nuvem toma é semelhante a uma mão, talves devido à fraca qualidade da foto, ou porque a sua forma era mesmo assim, o que é certo é que a parecença está lá.

Mostrando esta foto dentro de um contexto fantasmagórico não faltará quem lhe dê outra origem, mas eu, digo apenas que é forma de nuvem.

12 comentários:

Miguel disse...

Socio,

Um encontro imediato ...!?

Deveras fantasmagorico e muito bem apanhado ...!

Ver para crer ...!

Olha deixei um desafio para ti n´A Minha Matilde e Cª!

Espero que gostes!

Um abraço da M&M e Cª!

Isabel-F. disse...

è a forma de uma nuvem ... eu passo tempos contemplando o céu e tentando decifrar formas nas nuvens ... vêm-se coisas lindissimas ...

a fotografia não está fraca não ... está maravilhosa ... só te posso dar os parabéns ...

eu vou faná-la ... posso???

beijinhos

Eu mesmo disse...

Eu, se fosse a ti, nunca mais passava por essa estrada, sobretudo de noite...

Essa mão, vinda sabe lá de onde, pode querer dizer muita coisa...

Depois de ver isto, acho que vou dormir de luz acesa.

Belzebu disse...

Era só a mãozinha a dizer...conduza com precaução, há cabras na estrada! eheheh!!! Excelente momento que conseguiste registar!

Saudações infernais!

Caracolinha disse...

Olá Marinheiro ... pois é as fotos estão soberbas ... é a magia de captar aquele momento que por vezes consegue ser mesmo unico ...

Beijocas a todos aí em casa, encaracoladas por serem minhas ... e uma especial para a minha linda sobrinha Dani ... :)

Lumife disse...

II ENCONTRO DE BLOGS EM ALVITO


AOS 21 DE ABRIL DE 2007


ESTAMOS ELABORANDO O PROGRAMA:

-COMUNICAÇÕES S/ BLOGS

-MOMENTOS DE POESIA

-CANTARES ALENTEJANOS

-VISITA AO PATRIMÓNIO CONCELHIO


MARQUE JÁ NA SUA AGENDA!


MAIS NOTÍCIAS MUITO EM BREVE.

O Chaparro disse...

ta fixe, a historia.
abraço

Mocho Falante disse...

Bem grande foto hein? Sim senhor impressionante...é bom ter sempre uma máquina para captar estes momentos tão raros

abraços

Isabel-F. disse...

boa semana para ti

bjs

Eu mesmo disse...

Companheiro,
Passa-se alguma coisa contigo?
Onde é que andas..?

Paulo Sempre disse...

Segredos de Fátima!!! Rissssssss

Abraço
Paulo

alfabeta disse...

há coisas incríveis, bela foto sem dúvida.